Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Política

 

 

O candidato do Partido Socialista às eleições legislativas pelo círculo eleitoral da Europa decidiu terminar a campanha eleitoral em França, com deslocações a Paris, Lille e Clermont-Ferrand, mas ontem cancelou as atividades previstas para este fim de semana.

Este sábado, Paulo Pisco anunciou participar na inauguração da exposição “Couples de Rêve”, integrado na Temporada França-Portugal 2022, em Yerres (91). No sábado à noite, tinha agendado participar numa sessão de esclarecimento na Casa de Portugal, em Clermont-Ferrand, sede da associação Os Camponeses Minhotos. E no domingo de manhã previa dar uma entrevista à Rádio Altitude, conduzida por José Santos, naquela mesma cidade, capital da Auvergne.

“Dado que nos dias 12 e 13 de março se realizará a votação presencial no círculo eleitoral da Europa, decidi cancelar os encontros previstos para sábado e domingo, particularmente em Clermont-Ferrand, de forma a não interferir com o processo eleitoral” anunciou o candidato.

O LusoJornal contactou a Comissão Nacional de Eleições (CNE) para saber se, no caso da repetição das eleições legislativas no círculo eleitoral da Europa, se devia respeitar também os dois dias “de reflexão” sem campanha eleitoral. “Informo que tudo se passa de forma idêntica ao dia da eleição de 30 de janeiro, em que na véspera era já dia de votação no estrangeiro e, igualmente, sujeita a proibição de propaganda, em ambos os dias” respondeu a representante da CNE.

Mas ontem à noite, a CNE voltou a contactar o LusoJornal explicando que recebeu uma queixa do PSD e a Comissão deliberou, ao abrigo do artigo 6º do Regimento da CNE (casos urgentes): “Veio o PPD/PSD apresentar queixa contra o cabeça-de-lista do PS no círculo da Europa por na sua agenda de campanha, publicada na respetiva página do Facebook, constarem ações programadas para os dias 12 e 13 de março, junto de associações portuguesas e de contactos com os eleitores em França. Considerando a fatualidade em causa, delibera-se notificar o candidato Paulo Pisco de que é entendimento desta Comissão que a repetição da votação para o círculo da Europa deve decorrer de forma idêntica à votação realizada nos dias 29 e 30 de janeiro, tomando-se o dia 13 de março como equivalente ao dia da eleição para todos os efeitos, designadamente no que respeita à proibição de realização de atividades de propaganda em ambos os dias de votação”.

No entanto, informou que “os compromissos que agora cancelei serão realizados na próxima semana, nos dias 19 e 20 de março”.

 

Donativos LusoJornal

 

X