Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Política

 

Dominique da Silva voltou hoje a ser eleito Deputado do 7° círculo eleitoral do Val d’Oise (95), depois de ter sido eleito pela primeira vez em 2017, nas listas do Presidente Emmanuel Macron.

Desta vez a eleição foi complicado e o Deputado franco-português apenas teve mais 204 votos (50,37%) do que o seu concorrente na segunda volta das eleições legislativas, o socialista Romain Eskenazi (49,63%).

Os pais de Dominique da Silva eram portugueses. O pai emigrou para França desde de Barqueiros, Barcelos, em 1958 e a mãe, da Póvoa de Varzim, veio um ano depois com os três primeiros filhos do casal. Dominique da Silva já nasceu no Val d’Oise, onde sempre morou.

O Deputado reeleito nasceu em 1968 em L’Isle-Adam. A família viveu primeiro em Merry-sur-Oise, depois em Auvers-sur-Oise, e mais tarde mudou-se para Moisselles, onde é conselheiro municipal e onde ainda reside.

A mãe de Dominique da Silva morreu quando ele tinha apenas 23 anos e o pai morreu 5 anos depois. “Portugal é o país das férias. Vou lá todos os 2 ou 3 anos, mais ou menos. Este ano não fui e a última vez que lá fui, foi em 2018” diz em português numa entrevista ao LusoJornal. Mas insiste em dizer que “falo pouco” e que necessita de algum tempo de adaptação. “Depois de dois ou três dias em Portugal, já falo melhor” sorri.

Na última legislatura foi membro da Comissão dos Assuntos sociais.

 

Donativos LusoJornal
X