Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Teve lugar na terça-feira desta semana, em Lyon, mais uma edição do espetáculo “Les Passeurs d’Europe” sobre A Coragem. O evento realizou-se no Théâtre Astrée, organizado pelo EUNIC, a estrutura federativa que integra a Alliance Française, o Instituto Camões, o Instituto Cervantes, o Goethe Institut e o Institut Culturel Italien. Cada país europeu declamou poemas na sua língua nacional, mas também foram declamados poemas noutras línguas (da Rússia, da Coreia do Sul, da China, do Vietname, do Uganda, do Mali, de Israel, da Síria…), no âmbito do “Printemps des Poètes”.

O espetáculo teve uma duração de uma hora e meia, com música, dança e poesia e Portugal escolheu um poema de Mário Máximo, “Courage, un mot”, um poema sobre a coragem e o desembarque na Normandie, no dia 6 de junho de 1944. Foi declamado por jovens portugueses e brasileiros e foi depois lido em francês, em albanês, em taiwanês e em vietnamita.

O Cônsul-Geral de Portugal em Lyon Luís Brito Câmara assistiu ao espetáculo, acompanhado por Cristina Gerturdes, a Leitora do Instituto Camões na Universidade Lyon 2. Os Portugueses presentes “apreciaram muito o espetáculo” disse ao LusoJornal o Cônsul Geral de Portugal.

Luís Brito Câmara felicitou os organizadores e os atores, nomeadamente a Coordenadora Gaele Konaté, “pela qualidade do evento em termos culturais e artísticos, e pela mensagem de diversidade, tolerância, paz e valores humanos universais que dignificam o ser humano e que são partilhados por Portugal”.

O diplomata salientou ainda que “o espetáculo reúne a alma portuguesa em todo o seu esplendor: poesia, música, dança e valores humanos”.

 

Cultura
X