Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Ensino

 

Mais de 900 alunos dos cursos de Português EILE e do ensino associativo puderam finalmente realizar o exame de certificação em língua portuguesa, no passado sábado, dia 20 de novembro, após três adiamentos sucessivos em consequência da pandemia da Covid 19.

A Coordenação do Ensino Português mobilizou perto de 90 professores para os 11 centros de exame, um em Paris que acolheu os candidatos da região parisiense e 10 outros espalhados pelo território francês: Montluel (01), Nice (06), St. Pantaléon de Larche (19), Toulouse (31), Bordeaux (33), Montpellier (34), St. Avertin/Tours (37), Fontaine/Grenoble (38), Blanzat/Clermont-Ferrand (63) e Annemasse (74).

A Cité Scolaire Honoré de Balzac, em Paris, onde funciona uma Secção internacional portuguesa, acolheu uma vez mais os exames de certificação para os alunos vindos de toda a região parisiense.

Os alunos realizaram exames por nível de proficiência, nos termos do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro (QuaREPE). Os exames de certificação dos níveis A1 e B1 tiveram lugar da parte da manhã e os dos níveis A2, B2 e C1 durante a tarde.

“O uso da máscara e a tomada de todas as medidas sanitárias de prevenção garantiram a todos o desenrolar destes exames nas melhores condições. A seriedade dos candidatos e o respeito das indicações que iam recebendo por parte dos professores, nomeadamente dos que formaram o secretariado de exames, o empenho de todos e a colaboração dos pais permitiram que a gestão destas provas tivesse decorrido da melhor forma” disse ao LusoJornal a Coordenadora do ensino português em França, Adelaide Cristóvão.

Esta certificação é da responsabilidade conjunta do Ministério da Educação e Ciência, através da Direção Geral do Ensino, e do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua e constitui um reconhecimento das aprendizagens dos alunos da rede de Ensino Português no Estrangeiro (EPE) pelo Estado Português.

 

Donativos LusoJornal

 

X