Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, disse no fim de semana passado que Portugal está a preparar a digitalização dos serviços consulares, tendo estado na Holanda na sexta-feira para conhecer uma experiência que já tem vários anos.

“Esta visita foi muito importante porque foi possível verificar que, com mudanças tecnológicas, consegue-se garantir um serviço mais ágil”, disse José Luís Carneiro à Lusa, lembrando que Portugal está “a fazer um esforço equivalente”.

Portugal criou em abril de 2018 um Centro de Atendimento Consular, sedeado em Lisboa, numa parceria do Ministério da Modernização Administrativa com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, explicou o Secretário de Estado. “Foi muito importante conhecer esta experiência até porque, a par do reforço dos meios humanos, que tem vindo a ser desenvolvido, a par também da motivação dos funcionários, nomeadamente com a adoção do mecanismo de correção cambial e também com o mecanismo compensatório em sede de IRS em termos remuneratórios, há passos que estão a ser dados no sentido da digitalização e da modernização dos serviços”, referiu.

As mudanças que estão em curso, adiantou, “são muito equivalentes a mudanças que foram feitas na Holanda, daí que tenha sido importante partilhar experiências”. Além disso, “fica estabelecido um canal com os serviços consulares holandeses para que os nossos serviços possam dialogar e aperfeiçoar os seus serviços”, afirmou.

A visita a Haia serviu também para o Secretário de Estado se encontrar com os portugueses “de várias gerações e com motivações diversas na sua inserção na vida da Holanda”.

 

LusoJornal Artigos

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.8
X