Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Português saiu de hospital e está desaparecido em Paris desde quinta-feira

O português Sérgio Manuel de Araújo, com 51 anos, mede 1m65, pesa cerca de 80kg, residente habitualmente em Sainte Geneviève-sous-Bois (91), desapareceu na quinta-feira passada, dia 21 de maio, entre as 21h00 e as 22h00 do Hospital da Pitié Salpêtrière, em Paris, onde estava hospitalizado no seguimento de um AVC.

Desde então continua desaparecido, apesar de se mover com dificuldade e lentamente. Este já foi o segundo AVC que Sérgio de Araújo sofreu – o primeiro foi em março – e a família diz que tem dificuldades em falar e está “confuso” e “desorientado”. Para mais, “o seu estado é frágil, está desorientado, não se lembra onde mora”.

Aliás a família não compreende como o hospital deixou sair um doente sem qualquer controle. Sérgio de Araújo vestiu-se – provavelmente calças de ganga, camisa e blusão castanho claro – e saiu, deixando no quarto tudo o resto, nomeadamente documentos, telefone e dinheiro.

“O hospital argumenta que não tem responsabilidade” e confessam mesmo à família que este tipo de situações acontecem frequentemente.

“Isto parece um filme” diz o filho Cristiano de Araújo, que mora agora em Portugal e está bloqueado em Aveiro.

Os apelos começaram a dar resultado e durante o fim de semana algumas pessoas viram-no em Paris 20.

 

Contactos:

Cristiano de Araújo: 06.69.47.78.38

Mariana da Silva: 06.11.48.12.77

 

Comunidade
X