Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Secretária de Estado Berta Nunes passou um dia em Lille

LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG LusoJornal | LSG
Comunidade

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas esteve esta sexta-feira em Lille para o lançamento da delegação da Câmara de comércio e indústria franco-portuguesa, mas também aproveitou para se encontrar com empresas portuguesas e para visitar lugares de memória da Comunidade.

A “maratona” começou às 10h00 quando visitou o Escritório consular naquela cidade, na companhia do Cônsul Geral de Portugal em Paris, Carlos Oliveira, do Cônsul Geral Adjunto Filipe Ortigão e do Cônsul Honorário de Portugal em Lille, Bruno Cavaco.

O Escritório consular tem apenas uma funcionária e funciona no anexo da Mairie de Lille, num espaço chamado “Maison des Consuls” onde estão vários outros postos consulares de outros países. “A Mairie de Lille põe à disposição este espaço para o Corpo consular da Lille e eu assumo a função de Secretário geral” explica o Cônsul Honorário Bruno Cavaco. “Temos uma convenção com a cidade de Lille e o Consulado que utiliza mais este espaço é o Consulado de Portugal e é lógico porque temos o maior número de residentes estrangeiros, temos aqui cerca de 55.000 binacionais”.

A comitiva seguiu depois a pé para a Cathédrale de Lille, com mármore português na fachada, e seguiu pela rue de la Monnaie até à pastelaria Dona Bica, que fabrica e vende pasteis de Nata.

Logo ali, no Hospice Comtesse, foi lançada oficialmente a Delegação de Hauts de France da Câmara de comércio e indústria franco-portuguesa (CCIFP).

Berta Nunes seguiu para a EuraTechnologie, onde reuniu com os empresários da Luso’Tech Community. Depois seguiu para uma visita do Anneau de la Mémoire, onde foi recebida por Aurore Rouffelaers, bisneta de um soldado português que participou na I Guerra mundial e que apresentou o memorial e o nome dos 2.266 soldados portugueses mortos que ali estão inscritos.

Por fim, a Secretária de Estado visitou o Salon International des Arts et des Métiers de Lens, com três stands portugueses.

“Para a Comunidade portuguesa é muito importante que a Secretária de Estado tivesse vindo cá. Há muito tempo que não recebemos aqui uma Secretária de Estado” disse Bruno Cavaco ao LusoJornal.

 

Donativos LusoJornal

 

X