Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Valter Viegas (na foto), defesa português de 28 anos dos Lusitanos de Saint Maur, fez o ‘seu’ balanço do ano de 2019, com particular destaque para o triunfo de Portugal na Liga dos Nações, e afirmou desejar uma consciencialização da sociedade sobre o aquecimento global do planeta.

O defesa dos Lusitanos admitiu em entrevista ao LusoJornal que em 2019 ficou marcado no desporto pelos títulos de Portugal e do Benfica, bem como a temporada dos Lusitanos que terminaram a época 2018/2019 no segundo lugar, enquanto a nível mundial, o atleta português ficou marcado pelo incêndio que devastou grande parte da Amazónia

No que diz respeito a 2020, Valter Viegas deseja um ano cheio de êxitos profissionais e espera uma consciencialização da sociedade sobre o aquecimento global do planeta.

 

O que mais o marcou em 2019?

O que me marcou em 2019, desportivamente marcou a conquista da Liga das Nações por Portugal e da reconquista do campeonato português pelo meu Benfica, sendo português e benfiquista não podia deixar de realçar estes dois feito. Marcou me também a classificação da US Lusitanos, equipa que jogo, na época transata. Depois de uma primeira parte da temporada bastante aquém das expectativas, conseguimos fazer uma segunda volta de grande nível conseguindo terminar no 2º lugar. E a nível mundial marcou-me pela negativa, entre outras catástrofes, o grande incêndio que devastou grande parte da Amazónia, que teve grandes consequências ambientais.

 

O que espera a nível pessoal para 2020?

A nível pessoal espero que 2020 seja um ano repleto de êxitos profissionais e pessoais!

 

O que espera que possa mudar a nível mundial em 2020?

Há tanta coisa para mudar.. mas vou dizer a consciencialização da sociedade sobre o aquecimento global do planeta, é um assunto que há vários anos se tem falado e é fundamental que cada um de nós tome consciência da gravidade deste fenómeno porque se queremos um planeta e um ambiente melhor no futuro é fundamental intervirmos o quanto antes.. Se todos nós fizermos pequenas mudanças, podem se tornar grandes mudanças no futuro.

 

LusoJornal Artigos
X