Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O ciclista português Amaro Antunes (W52-FC Porto/na foto) venceu hoje a Volta a Portugal – Edição Especial, após o contrarrelógio de 17,7 quilómetros em Lisboa, ganho pelo espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto).

Gustavo Veloso, vencedor da Volta em 2014 e 2015, venceu o ‘crono’ em 21.34 minutos, menos oito segundos do que o Português António Carvalho (Efapel) e 17 do que o Francês Anthony Delaplace (Arkea-Samsic) e do que Jóni Brandão (Efapel).

De referir que o melhor francês foi Anthony Delaplace (Arkéa-Samsic) que terminou no 3° lugar a 17 segundos do vencedor da etapa. No que diz respeito ao melhor elemento da outra equipa francesa, foi o francês Simon Carr da equipa Nippo Delko One Provence que acabou na 24ª posição a 1 minuto e 5 segundos de Gustavo Veloso.

 

Amaro Antunes, primeiro triunfo na Volta a Portugal

Na geral, Amaro Antunes venceu pela primeira vez a prova, com 42 segundos de avanço sobre Veloso, que subiu ao segundo lugar, e 52 sobre o português Frederico Figueiredo (Atum General-Tavira).

De referir que o melhor francês na geral foi Simon Carr (Nippo Delko One Provence) que terminou na 19ª posição a 9 minutos e 28 segundos de Amaro Antunes. No que diz respeito ao melhor elemento de uma equipa francesa, foi o Espanhol Delio Fernández da equipa Nippo Delko One Provence que acabou no 10° lugar a 3 minutos e 49 segundos do vencedor da prova. Quanto ao melhor atleta da Arkéa-Samsic, foi Anthony Delaplace que terminou no 21° lugar a 10 minutos e 55 segundos do vencedor da Volta a Portugal.

De notar ainda que Simon Carr (Nippo Delko One Provence), ciclista franco-britânico, venceu a geral da Juventude, a camisola branca, com 11 minutos e 08 segundos de vantagem sobre o Francês Matis Louvel da equipa Arkéa-Samsic.

 

Desporto
X