Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

17° Festival de folclore da Associação Juventude do Alto Minho de Saint Priest

Raízes Raízes Raízes Raízes Raízes Raízes Raízes Raízes

A Associação Juventude do Alto Minho de Saint Priest (69), nos arredores de Lyon, organizou o seu 17° Festival anual de folclore, no sábado dia 5 de outubro, onde reuniu vários grupos folclóricos na sala Mosaique, naquela localidade.

O festival foi realizado com “a prata da casa”, todos os membros ajudaram desde a preparação da comida até à instalação das luzes no palco e do som. Um Dj da noite de Lyon foi o convidado para animar o final do dia.

O Maire da cidade de Saint Priest, Gilles Gascon, esteve presente com a sua equipa de Adjuntos, saudou o Presidente Manuel Amorim pelo trabalho que este tem vindo a desempenhar ao longo destes anos e pelo excelente relacionamento que tem Comunidade portuguesa em St Priest.

O Presidente da coletividade explica ao LusoJornal que “o processo de geminação entre Ponte de Lima e Saint Priest está no bom caminho, teremos resultados mais para o final do ano”.

“Os grupos folclóricos convidados sentiram-se em casa pois no fundo somos todos amigos e já nos conhecemos à bastante tempo” disse ao LusoJornal o Presidente Manuel Amorim. “Foi um dia de festa que durou até altas horas da noite”.

Participaram no evento grupos folclóricos vindos da região de Ain, Rhône e Loire, como o Grupo Rosas do Minho da Chapelle-de-Guinchay, Estrelas do Minho de Vaulx-en-Velin, Mocidade do Verde Minho de Saint Martin d’Hères, Rio Lima Alto Minho de Caluire, Portugais de la Loire de Saint Etienne e o grupo da casa que abriu as festividades, Juventude do Alto Minho.

Os organizadores tiveram o apoio do programa de rádio Raízes, cuja equipa imortalizou o dia com reportagens fotográficas e vídeos.

Os próximos eventos da associação já estão agendados para o mês de novembro e dezembro nos locais da sede da associação: o S. Martinho e a Festa de fim de ano aberta ao público.

A Juventude do Alto Minho de Saint Priest, está a preparar a gravação de um CD num futuro próximo, com os cantares do grupo folclórico.

“É também em parceria com a associação Estrelas do Minho de Vaulx-en-Velin que a 9 de novembro vamos festejar os 40 anos desta coletividade, aqui nesta mesma sala, com um grupo vindo diretamente de Portugal”, conclui Manuel Amorim.

A juventude do Alto Minho conta hoje com cerca de 50 elementos e este Festival de folclore que voltará daqui por um ano. As sessões de ensaios voltam a animar todos os elementos às sextas-feiras à noite, preparando dançares e cantares da região do Minho como o seu nome indica. Quem quiser juntar-se a este grupo será sempre bem vindo.

 

LusoJornal Artigos
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
4.9
X