Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Academia do Bacalhau de Lyon: José Proença deixa a Presidência a Américo Jesus

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

A Academia do Bacalhau de Lyon organizou, no decorrer do seu jantar mensal, as eleições para os seus corpos sociais.

Estas eleições são anuais. A Direção anterior estava de saida e uma nova lista foi apresentada, encabeçada por Américo Jesus.

O restaurante Delta acolheu as Comadres e os Compadres na sua sala de eventos, para esta eleição e, como era de prever, a única lista em concurso, encabeçada por Américo Jesus, foi óviamente eleita. O Presidente cessante, José Proença, foi eleito Presidente Honorário, já que foi um dos fundadores da Academia, e ficou agora com a missão de animação com os aposentados.

«Foram quinze anos na Direção da Academia do Bacalhau, e agora como já estou aposentado desejo ter mais um pouco de tempo para as minhas futuras deslocações e férias, mas cá estarei sempre nos momentos de grandes festas para ajudar» disse ao LusoJornal José Proença.

Para acompanhar o Presidente Américo Jesus, está o Vice-Presidente Mário Almeida, o Secretário Mickael dos Santos, o Tesoureiro José Brás, e há uma novidade: a entrada de uma mulher para a Direção, a Comadre Célia da Silva. Os «carrascos» serão nomeados mais tarde, segundo Américo Jesus.

«Outras novidades são que a partir de agora, as Comadres, as esposas dos Compadres, são convidadas a participarem sempre nos nossos jantares mensais, na terceira sexta-feira do mês e também aceitaremos Comadres singulares» disse ao LusoJornal Américo Jesus.

O novo Presidente da Academia do Bacalhau de Lyon anunciou que vai organizar dois jantares anuais de gala, um em fevereiro e outro nos meses de verão.

A Academia do Bacalhau de Lyon tem cerca de trinta Compadres ativos e outros tantos «não-ativos». A Academia foi fundada há quinze anos e os Compadres encontram-se em tertúlias , sempre acompanhadas pelo famoso bacalhau cozinhado de diferentes maneiras.

«No ano de 2017 entregámos para obras caritativas cerca de quatro mil euros, e só para a apoio à associação ‘Ela’ entregámos perto de três mil euros. Em 2018 já doámos dois mil euros para as associações ‘L’Oiseau Blanc’ e ‘Noukou’» confiou José Brás, o novo Tesoureiro da Academia de Bacalhau de Lyon.

Os fundos entregues são recolhidos através de donativos, das cotas dos Compadres e das receitas recolhidas durante os eventos que organiza.

João Paulo da Fonte é o mais recente Compadre eleito por unanimidade no decorrer do jantar, após o seu percurso de «cinco jantares de informação e de avaliação», onde foi apresentado pelo Padrinho Mário Almeida. «Estou contente por aderir a esta associação pelos seus valores, ambiente de entreajuda e pelas amizades que aqui encontrei» disse João Paulo da Fonte.

O próximo jantar da Academia do Bacalhau de Lyon terá lugar no 25 de maio.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
1.9
X