Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A seleção portuguesa de andebol perdeu frente à Islândia por 25-28, no segundo encontro do Grupo 2 da ronda principal do Euro2020, em Malmö, ficando mais longe do apuramento para as meias-finais.

Dois dias depois do histórico triunfo por 35-25 face à Suécia, a formação das ‘Quinas’ de andebol, que ao intervalo já perdia por 14-12, cedeu face a uma equipa que ainda não tinha pontuado nesta segunda fase da competição.

“Entrámos muito mal e pagámos a fatura. Adoro este desporto, mas às vezes odeio-o, porque as regras não são muito claras. Mas é o que temos. A Islândia acabou por ser melhor. Andámos sempre atrás e não conseguimos sequer jogar um bom ‘sete contra seis’, como é hábito, e voltámos ao ‘seis contra seis’, com o qual até estivemos bem. Mas, o início foi fatal. E não me deixaram sonhar”, afirmou Paulo Pereira, selecionador de Portugal.

De referir que neste encontro Alexandre Cavalcanti, jogador que atua no Nantes em França, apontou três golos, enquanto Pedro Portela, andebolista que joga no Tremblay também em França, não marcou nenhum golo.

Na classificação, Portugal manteve-se com dois pontos, a dois de Noruega e Eslovénia, a dois da Hungria e da Eslovénia.

O próximo jogo de Portugal é na terça-feira 21 de janeiro perante a Eslovénia. Os Portugueses não podem perder mais nenhum encontro se querem seguir para as meias-finais da prova.

 

LusoJornal Artigos
X