Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A seleção portuguesa de andebol perdeu com a Eslovénia, por 29-24, na terceira jornada do Grupo II da ronda principal do Europeu de andebol, e ficou afastada das meias-finais.

De referir que neste encontro Alexandre Cavalcanti, jogador que atua no Nantes em França, não apontou nenhum golo, enquanto Pedro Portela, andebolista que joga no Tremblay também em França, marcou três golos.

A ‘equipa das Quinas’, que ao intervalo vencia por 15-14, ocupa o quarto lugar, a seis pontos da Noruega, que lidera a ‘poule’, e a quatro da Eslovénia,.

Portugal, que na quarta-feira joga com a Hungria, na última jornada, pode ficar já hoje afastado também da luta pelo terceiro lugar, caso a Hungria, terceira classificada, vença a Suécia, sexta e última.

Jogo na Malmö Arena, em Malmö (Suécia).

Portugal – Eslovénia, 24-29.

Ao intervalo: 15-14.

Sob a arbitragem de Martin Gjeding e Mads Hansen (Dinamarca), as equipas alinharam e marcaram:

Portugal: Alfredo Quintana, Pedro Portela (3), André Gomes (6), Fábio Magalhães, Diogo Branquinho (1), Luís Frade (4) e Alexis Borges. Jogaram ainda: Miguel Martins (2), Belone Moreira (1), Rui Silva (1), Daymaro Salina (2), Humberto Gomes, Alexandre Cavalcanti, António Areia (3), Fábio Vidrago (1), João Ferraz.

Treinador: Paulo Pereira.

Eslovénia: Klemen Ferlin, Blaz Blagotinsek (2), Blaz Janc (7), Jure Dolenec (6), Darko Cingesar (1), Dean Bombac (2) e Borut Mackovsek (6). Jogaram ainda: Nik Henigman (1), Nejc Cehte, Miha Zarabec (4), Mario Sostaric, Igor Zabic, Urh Kastelic.

Treinador: Ljubomir Vranjes.

Marcha do marcador: 2-3 (05 minutos), 5-5 (10), 9-8 (15), 11-9 (20), 12-13 (25), 15-14 (intervalo), 17-17 (35), 19-19 (40), 21-22 (45), 22-26 (50), 24-28 (55) e 24-29 (resultado final).

Assistência: cerca de 2.000 espetadores.

 

LusoJornal Artigos
X