Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Selecção Portuguesa de andebol venceu a sua congénere francesa por 28-25 num jogo a contar para o Grupo D da fase de grupos do campeonato da Europa da modalidade.

No domingo os Portugueses defrontam os Bósnios e encerram a participação na fase inicial da prova na terça-feira, frente aos Noruegueses, sempre em Trondheim.

Rui Silva, jogador da seleção portuguesa, estava feliz com o triunfo frente aos Franceses: «Foi um jogo muito difícil. Desde o início que sabíamos que tínhamos de dar o máximo para voltarmos a vencer a França. Trabalhámos muito, fizemos todos muito sacrifícios para estar aqui. Provámos que temos uma grande equipa, com bons jogadores e treinadores e que podemos jogar bom andebol. A França é uma das melhores seleções do mundo e pode perfeitamente ganhar à Noruega. Por isso, sabemos que temos de vencer a Bósnia se quisermos apurar-nos para a segunda fase do Europeu», frisou o atleta luso.

Quanto a Ludovic Fabregas, atleta da seleção francesa, estava dececionado com esta derrota inaugural: «Este resultado foi uma enorme deceção, porque esperávamos fazer uma boa estreia no Europeu e começar com uma derrota é muito duro. Este grupo é muito equilibrado e todas a seleções são muito boas. Temos de ser capazes de reagir já no próximo jogo, frente à Noruega», concluiu.

 

LusoJornal Artigos
X