Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Associação Portuguesa de Ecully organizou no passado dia 24 março, sábado, um jantar e um espetáculo de Fado, tendo o Cônsul-Geral de Portugal em Lyon, Luís Brito Câmara, sido convidado, juntamente com a sua mulher.

Para além do Cônsul de Portugal, a Direção da associação e os sócios acolheram também o Maire de Ecully, Yves-Marie Ulrich, e o Conselheiro das Comunidades Portuguesas, Manuel Cardia Lima.

O Cônsul-Geral agradeceu ao Presidente da Associação, David Antunes, e a toda a Direção pelo convite e o bom acolhimento e relembrou a importância das Comunidades portuguesas continuarem a promover este género de iniciativas, «que congregam o que Portugal tem de melhor (convívio, amizade e música), para além de sedimentar e reforçar o bom relacionamento e a amizade com a França, na pessoa do Maire de Ecully».

A este propósito, reiterou mais uma vez a importância das Comunidades portuguesas serem apoiadas pelas autoridades francesas, como é o caso em Ecully, e agradeceu ao Maire pela sua amizade e «esforços em valorizar e concretizar o excelente relacionamento entre a França e Portugal, cujas ligações históricas e culturais são antigas», relembradas mais uma vez no próximo dia 9 de abril, quando se assinalarão os 100 anos da Batalha de La Lys, «onde morreram milhares de soldados portugueses na Grande Guerra e que deram a sua vida para defender a França» disse Luís Brito Câmara.

O Cônsul-Geral recordou ainda o ataque terrorista do dia anterior em Trèbes, dia 23 de março, e a heroicidade do polícia francês que sacrificou a sua vida para salvar vidas humanas, bem como o jovem português que ficou gravemente ferido e que está no hospital em Perpignan. Sublinhou que «mais uma vez Portugal e a França estão unidos na dor, numa amizade inabalável».

O Maire de Ecully, Yves-Marie Ulrich, confirmou o excelente relacionamento e declarou estar «muito satisfeito» com a Comunidade portuguesa e com a associação portuguesa.

O Conselheiro das Comunidades Portuguesas, Manuel Cardia Lima, agradeceu igualmente a Associação e salientou a importância do Cônsul-Geral e do Maire estarem presentes neste evento, tendo relembrado a dificuldade do Cônsul-Geral em cobrir uma área consular vasta como a de Lyon que é do tamanho de Portugal, o que o impede naturalmente de estar em todos os eventos organizados pelas associações.

A Associação portuguesa de Ecully foi criada em 1973 e sempre teve o apoio da autarquia, que lhe tem proporcionado locais onde instalaram a sede e outras ajudas materiais. A associação também participa sempre nos eventos da cidade, sociais ou festivos.

Em outubro de 2018 a associação vai festejar quarenta anos de existência. «Estamos a organizar uma grande festa de aniversário, com a vinda de um grupo musical de Portugal e com outras atrações. Queremos acolher o maior número possível de pessoas na Sala de Festas da cidade de Ecully para este aniversário cheio de boas lembranças» diz o Presidente da Direção da associação.

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
3.2
X