Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

A multiplicação dos pães e dos peixes…! Eis a página do Evangelho que somos convidados a meditar no próximo domingo. Um dos milagres mais conhecidos… e no entanto, ainda passa tantas vezes despercebida a generosidade do anónimo “rapazito” que permitirá a ação prodigiosa de Jesus.

«Está aqui um rapazito que tem cinco pães de cevada e dois peixes. Mas que é isso para tanta gente?»

Não sabemos quando ou como o apóstolo André notou a presença (e o farnel!) do jovem rapaz. Talvez tenha sido ele mesmo que decidiu aproximar-se do discípulo, para colocar a sua merenda à disposição do grupo. Mas sabemos que Jesus aguardava este gesto de generosidade: tem agora uma ocasião única para catequizar as gentes que O seguiam.

Para saciar a multidão “bastaria” transformar as pedras em pães. Felizmente, esse não é o estilo do Senhor. Ele não quer substituir os homens, mas pede a nossa colaboração e fé. Ele quer multiplicar! É esse o milagre. Sem o nosso pequeno contributo a ação de Deus é inútil. Ainda que multiplicássemos mil vezes o número zero, o resultado seria sempre igual: nada…

Muitas vezes sentimos que os nossos talentos são “coisa pouca”; que diante das necessidades do mundo não temos quase nada para oferecer. Não importa: coloquemos nas mãos de Deus aquele pouco que temos (aquele pouco que somos) e Ele multiplicará os nossos esforços e cobrirá as nossas carências. Apesar de pequenos, podemos fazer grandes coisas se, com confiança e generosidade, colocarmos nas mãos de Deus a nossa “merenda”.

 

Religião

 

X