Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Vão realizar-se a 14 e 15 de setembro, na Place Bellecour, em Lyon, mais uma edição das Fêtes Consulaires de Lyon, que deverá reunir mais de 90 pavilhões dos países que estão presentes em Lyon, seja através de Consulados-Gerais como é o caso de Portugal ou de Consulados Honorários (caso do Brasil, por exemplo), e que é visitado por mais de 50 mil pessoas.

“Tal como fazemos todos os anos, gostaria de salientar mais uma vez a importância do Consulado-Geral de Portugal em Lyon participar nas Fêtes Consulaires como forma de poder divulgar Portugal, numa zona consular que reúne entre 250.000 e 280.000 Portugueses de várias gerações” diz o Cônsul Geral Luís Câmara Brito. “O Pavilhão de Portugal vem reafirmar e honrar os milhares de compatriotas portugueses que vivem trabalham e dignificam o nome de Portugal nas regiões e Auvergne Rhône Alpes e Bourgogne Franche Comté com a sua identidade nacional, a sua cultura, tradições, amizade, trabalho, língua, presença económica e comercial e famílias”.

Trata-se de uma ótima oportunidade para o Consulado-Geral de Portugal promover e dar a conhecer Portugal, em todas as suas dimensões, ao nível cultural, económico, histórico e turístico, salientando as numerosas mais-valias e vantagens que existem em Portugal e sublinhando o interesse em conhecer e viver no país, que de resto cada vez mais Franceses têm beneficiado.

Neste contexto, o Cônsul Geral Luís Câmara Brito diz que “Portugal tornou-se nos últimos anos um destino turístico muito atrativo, com mais de 3 milhões de turistas franceses em 2018, com ligações aéreas a partir de 20 aeroportos franceses e com 600 voos por semana para Portugal. O turismo é responsável pela criação de cerca de 100.000 empregos em Portugal nos últimos anos, com um crescimento de cerca de 10% no setor do turismo”.

Mas Luís Câmara Brito lembra também que “recentemente Portugal foi considerado o país mais atraente do mundo para se viver, numa sondagem realizada por expatriados do mundo inteiro”.

O Pavilhão de Portugal terá o apoio de diversos instituições, como o Instituto Camões, Bancos (BCP, Santander, Caixa Geral de Depósitos), dos Supermercados Nosso, do Portuguese Business Club e das “Millésimes et Gourmandises” de Antoine Pinto (que participará com uma mostra de vinhos portugueses).

“Portugal é um todo que deve ser valorizado em todas as suas vertentes e dimensões, sendo que os cidadãos portugueses e empresas portuguesas desempenham um papel fundamental na estabilidade, desenvolvimento económico e social de Portugal e no relacionamento entre a França e Portugal, nomeadamente para os cidadãos franceses que desejam, por exemplo, investir em Portugal” conta o Cônsul Geral de Portugal em Lyon ao LusoJornal.

O Consulado-Geral estará representado com um Pavilhão “que procurará mostrar o que há de melhor em Portugal”, com uma exposição sobre a Língua portuguesa no mundo, os 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, uma mostra de vinhos portugueses e vinho do Porto, e material promocional e turismo de Portugal. “Espera-se que o nosso pavilhão seja visitado, como todos os anos, por milhares de pessoas, portugueses e franceses, sendo que estes últimos procuram sobretudo informações sobre Portugal numa perspetiva de futuros visitantes e turistas” lembra Luís Câmara Brito.

No ano passado o Deputado Paulo Pisco, o Conselheiro das Comunidades, Manuel Cardia Lima, numerosos empresários portugueses e representantes da cultura e das associações portuguesas da região puderam visitar o Pavilhão de Portugal. As mais altas autoridades da cidade de Lyon e da Metrópole visitaram o Pavilhão português, com o Maire a felicitar o Cônsul-Geral Luis Brito Câmara pela presença portuguesa no evento, tendo-se mostrado muito interessado nos azulejos e nos vinhos lusitanos, que elogiou e provou com toda a equipa municipal.

Este ano, o evento será enriquecido, tal como no ano passado, com a atuação do rancho folclórico “Estrelas Douradas” de Lyon, com 40 elementos, no domingo à tarde, que atuará no palco principal e que desfilará, dançará e cantará igualmente à frente do Pavilhão de Portugal ao longo da tarde, o que tem sido sempre muito apreciado pelo público presente.

Em declarações ao LusoJornal, o Cônsul-Geral agradece à Ville de Lyon pela organização das Fêtes Consulaires, “que permite a Portugal evidenciar e mostrar o que temos de excelente no nosso país, tendo relembrado que existem cerca de 250 mil portugueses na região e 1,5 milhões em França que honram o nome de Portugal e que contribuem para o desenvolvimento económico, social e cultural da França com o seu esforço, trabalho e dedicação”.

Como costuma fazer habitualmente, o Cônsul Geral vai convidar todos os que ainda não conhecem Portugal para visitarem o país.

Costuma salientar a importância da sua missão como representante de Portugal “ao serviço das Comunidades e a honra de pertencer ao povo português, que tem demonstrado ser uma peça fundamental para a Humanidade, para a sua História e para o nosso futuro comum, com figuras ímpares como Fernão de Magalhães, Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner, Vasco da Gama, Amália Rodrigues, José Saramago, e tantos outros grandes vultos.

 

Dyam Fado
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
4.7
X