Covid-19: Câmara de Sernancelhe pede a emigrantes para evitarem idas ao concelho

O Presidente da Câmara de Sernancelhe, Carlos Silva, pediu ontem aos emigrantes e a quem vive fora para evitarem deslocações ao concelho, devido ao risco de propagação do novo coronavírus.

Depois da confirmação do primeiro caso positivo da Covid-19 neste concelho do norte do distrito de Viseu – uma mulher emigrante na Suíça, que entretanto foi para o hospital da Guarda -, o autarca deixou ao início da tarde de ontem uma mensagem na rede social Facebook. “Todos, e sem exceção, adoramos a visita dos nossos emigrantes e dos nossos amigos que vivem fora de Sernancelhe, mas neste momento tão delicado agradeço que fiquem onde estão, por favor. Estamos numa fase muito difícil e terei que denunciar quem não quer seguir as orientações”, escreve Carlos Silva.

O autarca conta que continua “a receber a informação de que está a chegar gente a Sernancelhe, não cumprindo as regras e obrigações já abundantemente divulgavas”.

“Peço a vossa compreensão. Peço a todas as famílias de Sernancelhe que exijam aos seus familiares para não virem até nós nesta fase. Queremos vê-los mais tarde e com muita saúde”, sublinha.

 

Comunidade