Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O emigrante de Monção de viajou de França para Portugal de autocarro, contaminado pelo Covid-19, acabou por falecer este domingo, no Hospital de S. João, no Porto, onde estava internado e em estado debilitado. A morte foi confirmada pelo Presidente da Junta de Freguesia de Merufe, Márcio Alves.

Manuel Gomes tinha 64 anos, morava em França sozinho e viajou para Portugal no dia 8 de março, para a freguesia de Merufe de onde era natural e onde tinha residência. O autocarro onde viajou estava cheio, com emigrantes de Monção, Valença e Melgaço.

Quando chegou a Merufe, antes de apresentar sintomas do novo Coronavírus, contactou com várias pessoas, entre as quais a irmã, com 59 anos, que mora no mesmo concelho, mas noutra freguesia, que também foi contaminada, mas está “em franca recuperação” em casa.

Quando Manuel Gomes se queixou com “falta de ar” e teve de recorrer aos Bombeiros Voluntários de Monção, os cinco Bombeiros tiveram de fazer quarentena, mas o Presidente da Junta de Freguesia garante que nenhum foi contaminado.

O Presidente da Câmara municipal de Monção, António Barbosa disse que no concelho há 66 casos positivos de Covid-19, sendo que 52 são utentes e funcionários do lar da Santa Casa da Misericórdia. Adiantou também que a autarquia já distribuiu inúmeros Equipamentos de Proteção Individual (EPI) às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e aos Bombeiros voluntários.

 

Comunidade
X