Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

1566: Morre, com 92 anos, o padre Bartolomeu de las Casas, missionário espanhol, defensor dos indígenas do Novo Mundo.

1791: O assalto do Champs de Mars, pelo marquês de Lafayette, restaura a ordem em Paris.

1834: Lisboa estabelece o regulamento dos serviços de incêndio e cria a primeira Companhia de Bombeiros do concelho.

1859: Morre, com 22 anos, D. Estefânia, mulher de D. Pedro V.

1877: É inaugurado o Hospital de D. Estefânia, em Lisboa.

1936: Início da Guerra Civil de Espanha com a insurreição das forças instaladas em Melilla, contra o poder republicano.

1947: Estreia profissional do ator Ruy de Carvalho, na companhia Rey Colaço-Robles Monteiro, na peça “Rapazes de Hoje”, de Roger-Ferdinand.

1959: Morre, aos 44 anos, a cantora norte-americana Billie Holiday.

1979: Sessão inaugural do primeiro Parlamento Europeu eleito por sufrágio universal. Pela primeira vez, uma mulher, a francesa Simone Weil, assume a presidência da instituição.

1996: É criada a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que reúne Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe.

2004: Toma posse o XVI Governo Constitucional de Pedro Santana Lopes. Carlos Gonçalves foi Secretário de Estado das Comunidades.

2010: Morre, aos 63 anos, Bernard Giraudeau, ator francês, cineasta, escritor e marinheiro que contracenou com Jean Gabin e Alain Delon em “Dois Homens na Cidade” (1973), trabalhando depois com realizadores como Etore Scola, Pinoteau ou Patrice Leconte.

2018: Morre, aos 67 anos, João Semedo, ex-coordenador do Bloco de Esquerda.

 

Este é o centésimo nonagésimo oitavo dia do ano. Faltam 167 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “A fé na razão está sujeita a parecer racionalmente tão insustentável como qualquer outra fé”. Miguel de Unamuno (1864-1936), escritor e filósofo espanhol.

X