Dia 18 de agosto

Donativos LusoJornal


1502: É descoberta a Ilha de Santa Helena, no Atlântico Sul, por Estêvão da Gama, no regresso da Índia.

1515: Chegada dos primeiros colonos portugueses a Timor-Leste.

1833: Guerra Civil de 1832-1934. O Duque de Saldanha bate a divisão miguelista no Porto.

1834: Primeira sessão parlamentar, após a Guerra Civil. As Cortes decidem que D. Pedro conserve a regência até à maioridade de D. Maria II.

1843: Morre, com 66 anos, o compositor e pianista português João Domingos Bomtempo, autor de “Requiem à Memória de Camões”, fundador e primeiro diretor do Conservatório Nacional (1835).

1850: Morre, aos 51 anos, o escritor francês Honoré Balssa, Honoré de Balzac.

1892: É inaugurada a praça de touros do Campo Pequeno, em Lisboa.

1897: Morre, com 54 anos, o médico português José Tomás de Sousa Martins Sousa.

1914: Grande Guerra 1914-1918. Expedição militar a Angola e a Moçambique, para defesa dos territórios, comandada pelo General Pereira d’Eça e o Tenente-coronel Alves Roçadas.

1915: Grande Guerra 1914-1918. Combate de Mongua, em Angola, contra as tropas alemãs.

1922: Nasce o escritor francês Alain Robbe-Grillet, nome do “nouveau roman”.

1932: Nasce o virulogista francês Luc Montagnier, Prémio Nobel da Medicina em 2008, responsável pela identificação do vírus HIV.

1945: O ditador português Oliveira Salazar anuncia a dissolução da Assembleia Nacional e a realização de eleições.

1959: Nasce a Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados). A escritura de constituição da empresa é assinada no Porto. Afonso Pinto de Magalhães é o fundador e principal acionista, mas tem nove sócios.

1961: Guerra Colonial. São utilizados, pela primeira vez, os aviões caça bombardeiros F84, da FAP, no Noroeste de Angola.

1991: Morre, com 66 anos, Lindley Cintra, professor universitário, filólogo, linguista, coautor da “Gramática do Português Contemporâneo”.

2003: O Ministro da Saúde francês Jean-François Matei, considera “plausível” a morte de cerca de 5.000 pessoas, em França, na vaga de calor que assolou a Europa do Sul, entre 29 de julho e 14 de agosto.

.

Este é o ducentésimo trigésimo dia do ano. Faltam 135 dias para o termo de 2023.

Pensamento do dia: “As verdades herdadas pagam tão alto imposto que é bom abandoná-las”. Pedro Tamen (1934), poeta português.