Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

 

1800: O Parlamento irlandês aprova a Lei de União com a Inglaterra.

1810: Nasce Alexandre Herculano, historiador, romancista e político liberal português, último Presidente do Município de Belém, autor de “Eurico, o Presbítero”, renovador da historiografia portuguesa.

1895: Publicação da lei eleitoral. Os círculos passam a corresponder aos distritos e as minorias não são representadas.

1941: A escritora inglesa Virginia Woolf suicida-se no rio Ouse. Woolf é autora de “Rumo ao Farol”, “As Ondas” e “Orlando”, entre outras obras. Tinha 59 anos.

1962: A OAS, Organização do Exército Secreto Francês na Argélia, anuncia o início da guerrilha, para tentar evitar a independência.

1973 – É criada a Empresa Pública de Parques Industriais, no âmbito da política de Fomento Industrial.

1974: Realiza-se o I Encontro da Canção Portuguesa no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, com José Afonso.

1977: É formalizado o pedido de adesão de Portugal à CEE.

1980: Otelo Saraiva de Carvalho funda a Força de Unidade Popular (FUP).

1985: Morre, com 92 anos, o pintor de origem russa Marc Chagall, nome essencial da arte no século XX.

1994: Morre, em Paris, o dramaturgo francês de origem romena Eugéne Ionesco, autor de “A Lição”, “A Cantora Careca”, “O Solitário”. Tinha 81 anos.

2000: Os restos mortais do único Papa português, João XXI (Pedro Hispano – 1205), são trasladados para a Catedral de Viterbo, em Itália.

2019: Morre, aos 90 anos, Agnès Varda, realizadora francesa.

 

Este é o octogésimo sétimo dia do ano. Faltam 278 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “As leis mal feitas constituem a pior forma de tirania”. Edmund Burke (1729-1797), estadista irlandês.

 

 

X