Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Empresário Jean Pina partilha sorrisos no Natal

O empresário português radicado na região de Paris, Jean Pina, homem das causas sociais, mais uma vez quis proporcionar um Natal mais feliz às gentes da sua terra, a Guarda, que possuem parcas possibilidades financeiras.

Desde o início deste mês tem vindo a desdobrar-se no apoio a várias Instituições, nomeadamente à Loja Social “Mão Amiga”, à “RLIS” – Redes Locais de Intervenção Social, nomeadamente, a que funciona no Centro de Formação, Assistência e Desenvolvimento da Guarda (CFAD) e ao Centro de Dia e Lar de idosos de Fernão Joanes.

O empresário ofertou várias caixas com alimentos, onde não faltou o bacalhau, o azeite, os enlatados, a fruta em calda, os chocolates, o bolo rei, o leite, os cereais e bolachas para os mais novos, o açúcar, a farinha, entre outros bens alimentares. «Uma simples ajuda que espero contribua para o verdadeiro espírito de Natal em família», refere Jean Pina.

No âmbito do Protocolo firmado com a Casa do Benfica, foram recolhidos também bens alimentares, brinquedos e roupas que foram entregues à Loja Social “Mão Amiga”.

Aquando da sua última visita a Portugal, Jean Pina soube também que duas famílias da sua aldeia, os Meios, estavam com dificuldades em adquirir os bens alimentares próprios desta época, pelo que presenteou estas famílias com 2 cabazes que continham todos os bens alimentares característicos desta quadra natalícia.

Para terminar este mês dedicado à família, à partilha e no dia em que comemorou o seu 50º aniversário, sentiu uma infinda e dupla alegria, «recebi uma mensagem de uma mãe da cidade da Guarda que queria muito concretizar um sonho do seu filho, Rubem». O Rubem é um adolescente, atualmente com 17 anos, que teve um desenvolvimento normal até quase aos 2 anos, mas após essa idade foi-lhe detetada uma distrofia muscular. Deixou de andar aos 8 anos e como se trata de uma doença progressiva, foi perdendo as capacidades, atualmente só consegue mover as mãos e o grande sonho de Natal dele era possuir um computador. «Não pensei duas vezes», refere, pedi para que fosse adquirido um tablet com teclado em silicone para que o corpo frágil deste adolescente pudesse suste-lo no seu colo. «O sorriso deste menino ao receber este presente foi para mim, também, uma prenda no meu aniversário», refere ainda Jean Pina.

Soube ainda que esta família tem muitas dificuldades económicas, «então ofertei também bens alimentares», gestos generosos que se traduziram num Natal mais feliz para esta família tão especial.

Foi um ano de múltiplas ajudas. «Fiz mais de meio milhar de pessoas um pouco mais alegres, logo eu próprio e a minha família também estamos mais felizes. Tenho esperança que outros empresários como eu possam igualmente colaborar com os que mais precisam».

Jean Pina afirma que irá prosseguir com passos firmes na ajuda a quem mais precisa no ano que está prestes a iniciar.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 10 Votos
3.9
X