Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Rede Europeia para a Democracia no Brasil (Red.Br) organiza na segunda-feira, dia 11 de novembro, às 20h00, no Odéon-Théâtre de l’Europe, em Paris, um encontro em torno da questão “Brasil, cultura em perigo”.

A organização explica que “por vários meses, a democracia brasileira tem vindo a cair no abismo. A extrema direita no poder, alimentada pela nostalgia da ditadura militar e do fundamentalismo religioso, iniciou uma cruzada contra as classes trabalhadoras, minorias LGBTQI, povos indígenas, ativistas ambientais e defensores dos direitos humanos”. A principal preocupação enunciada pela Red.Br é que “a criação artística e a liberdade de expressão são diretamente ameaçadas pelo Governo de Jair Bolsonaro, que aboliu o Ministério da Cultura e não hesita em censurar obras que o desagradam sob o pretexto de rigor orçamentário”.

Este encontro tem, pois, como objetivo o de ser um momento de mobilização pois a cultura é uma “arma simbólica” e um “vetor poderoso da luta pela democracia e pela defesa das minorias”.

O encontro será animado pela conhecida jornalista Audrey Pulvar e contará com a presença de vários artistas brasileiros como Joice Berth, urbanista e ativista feminista negra, Christiane Jatahy, encenadora, Julio Ludemir, autor e diretor de Fêtes Littéraires des Périphéries (FLUP), Émilie Lesclaux, produtora e Kléber Mendonça Filho, realizador (por videoconferência), Djamila Ribeiro, filósofa, teórica do feminismo negro e descolonial e Sebastião Salgado, fotógrafo. O encontro conta a presença excecional de uma delegação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB).

Personalidades como Lucas Afonso (rapper), Gregorio Duvivier (ator), Marianna Felix (autora), Juca Ferreira (ex-Ministra da Cultura no Brasil), Milton Hatoum (autor), Wagner Moura (ator) e NYL MC (rapper) testemunharão através de contribuições escritas ou vídeos realizados especialmente para esta ocasião.

A tradução simultânea do encontro ficará a cargo de Muriel Pérez e Melina Revuelta.

A Rede Europeia para a Democracia no Brasil (RED-Br) é um grupo que visa reunir as iniciativas de todos os cidadãos, intelectuais, artistas e ativistas que desejam informar-se ou informar a opinião pública europeia sobre a situação política no Brasil, participar em campanhas de mobilização, na organização de apoio concreto a oponentes e vítimas do poder da extrema-direita no Estado brasileiro.

A criação do RED-Br foi feita no seguimento do encontro “Solidariedade Brasil. Intelectuais, artistas, ativistas, como agir?” que teve lugar na sexta-feira, dia 18 de janeiro, no Instituto de Estudos Superiores da América Latina (IHEAL, Paris).

A página facebook do grupo tem como objetivo de reunir os anúncios de todos os eventos de informação e solidariedade, divulgá-los o mais amplamente possível e estabelecer ações concretas. O grupo está aberto a todos.

Infos: https://red-br.com/

 

L’Odéon – Théâtre de l’Europe

Place de l’Odéon

75006 Paris

 

Linda de Suza 19/20
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
8.4
X