Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O drama dos refugiados registado por Nuno Pinto Fernandes vai estar em destaque na exposição de fotografia “O Fim da Linha”, a partir de 15 de agosto, na aldeia de Sambade, no concelho transmontano de Alfândega da Fé.

O autor das 20 fotografias que retratam a realidade de um campo de refugiados em Calais, na França, é natural da aldeia transmontana que tem sido notícia pelos eventos culturais que realiza e que receberá o trabalho do fotojornalista natural de Sambade e que vai expor, pela primeira vez, na terra natal.

Fotojornalista e professor de fotojornalismo, Nuno Pinto Fernandes vai mostrar até 18 de outubro, em Sambade, o trabalho premiado no primeiro concurso de fotografia “Objetiva Europa”, que se juntou a outros prémios anteriormente arrecadados com a Reportagem Dignitas “Semear a Mudança” e uma menção honrosa do Prémio Estação Imagem.

 

Cultura
X