Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

As exportações dos vinhos portugueses cresceram 2,96% nos dois primeiros meses deste ano, para 121 milhões de euros, face a igual período do ano passado, segundo dados da ViniPortugal.

As vendas para o estrangeiro “iniciaram o ano de 2021 com uma dinâmica positiva”, enaltece a ViniPortugal em comunicado, adiantando que até fevereiro deste ano se atingiu “um total de 121 milhões de euros”, o que correspondeu a um crescimento homólogo de 2,96%. Por mercados de destino, a França está no primeiro lugar com 16,67 milhões de euros, seguindo-se os Estados Unidos da América (13,25 milhões de euros), Brasil (9,34 milhões de euros), Alemanha (7,65 milhões de euros) e Canadá com 7,60 milhões de euros.

Mesmo se a França denotou uma queda homóloga até fevereiro de -3,93%.

O Presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão, explicou que “a estratégia da ViniPortugal ao longo dos últimos anos tem passado por diversificar mercados e por desenvolver um trabalho sustentado na abertura de novos mercados, embora mantendo sempre uma forte presença nos mercados principais”.

“Em 2021 vamos prosseguir esse caminho, com a convicção que a trajetória de crescimento das exportações terá de continuar com uma postura competitiva no mercado, apostando em saber vender bem, em valorizar a qualidade do nosso produto de modo a conseguirmos aumentar o preço médio”, concluiu.

A ViniPortugal é a associação interprofissional para a promoção dos vinhos portugueses e tem como missão promover a imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos, bem como valorizar a marca “Vinhos de Portugal/Wines of Portugal”.

 

Empresas
X