Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

França-Portugal: Marco Martins diz que o jogo foi “pobre” mas resultado interessa às duas equipas

Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida Lusa / Manuel de Almeida

A Seleção portuguesa de futebol empatou ontem a zero com a sua congénere de França, em encontro da terceira jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, disputado no Stade de France, em Saint-Denis.

O LusoJornal fez três intervenções em direto do Stade de France, com o jornalista Marco Martins, colaborador desportivo do LusoJornal, antes do encontro, no intervalo e depois do jogo ter terminado (ver reportagens em baixo).

O jogo terminou com um empate sem golos, mas, “Portugal acabou por ganhar porque consegue empatar em França, sabendo que ainda tem um jogo em casa com a França, se ganhar poderá então isolar-se e ficar em primeiro lugar definitivamente” disse Marco Martins. Para já as duas equipas têm 7 pontos e seguem as duas em primeiro lugar do grupo. “Foi um jogo muito pobre, parecia um treino, as duas equipas não queriam apostar, uma derrota seria mau psicologicamente para qualquer delas”.

 

França 0-0 Portugal

Jogo no Stade de France, em Saint-Denis

França: Lloris, Pavard, Varane, Kimpembe, Lucas Hernández, Kanté, Rabiot, Pogba, Mbappé (Coman, 84 min), Griezmann e Giroud (Martial, 74 min). Suplentes: Mandanda, Maignan, Lenglet, Upamecano, Digne, Ferland Mendy, Nzonzi, Camavinga, Tolisso, Ben Yedder, Coman e Martial. Selecionador: Didier Deschamps

Portugal: Rui Patrício, Nélson Semedo, Pepe, Rúben Dias, Raphaël Guerreiro (João Cancelo, 89 min), Danilo, William Carvalho (João Moutinho, 88 min), Bruno Fernandes (Renato Sanches, 80 min), Bernardo Silva (Diogo Jota, 61 min), João Félix (Trincão, 89 min) e Cristiano Ronaldo. Suplentes: Bruno Varela, Rui Silva, João Cancelo, Rúben Semedo, Rúben Neves, João Moutinho, Sérgio Oliveira, Renato Sanches, Trincão, Podence, Diogo Jota e André Silva. Selecionador: Fernando Santos

Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Espanha)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rúben Dias (2 min)

Assistência: 1.000 espetadores (lotação limitada devido à pandemia da Covid-19)

Reportagem antes do início do jogo:

 

Reportagem durante o intervalo:

 

Reportagem no final do jogo:

 

X