Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

O internacional português Cristiano Ronaldo disse estar “honrado e orgulhoso” por fazer parte do melhor ‘onze’ de sempre da ‘France Football’, anunciado ontem pela revista francesa, ao invés da tradicional atribuição da bola de ouro.

Devido à pandemia da Covid-19, a conhecida revista francesa decidiu, este ano, eleger a melhor equipa da história da modalidade, através de uma votação que ficou a cargo de 140 jornalistas de todo o mundo.

“Estou muito honrado por fazer parte do melhor 11 da ‘France Football’. Que incrível equipa de sonho… Todos eles [jogadores] merecem o meu respeito, admiração e estou, obviamente, orgulhoso por estar entre jogadores tão extraordinários. Obrigado”, escreveu o avançado dos italianos da Juventus, na conta pessoal do Instagram.

Numa lista em que, além do avançado da Juventus, de 35 anos, figuravam nomes portugueses como Luís Figo e Eusébio, o jogador detentor de cincos bolas de ouro foi o único luso eleito para a melhor equipa, apresentada num sistema de 3x4x3, na qual consta o recém-falecido Diego Armando Maradona.

O russo Lev Yachine foi o que recolheu mais votos para a baliza, atrás de três defesas, o brasileiro Cafu (lateral direito), o alemão Franz Beckenbauer (defesa central) e o italiano Paolo Maldini (lateral esquerdo), enquanto no meio-campo mais defensivo as escolhas recaíram no germânico Lothar Matthaus e no espanhol Xavi.

O argentino Diego Maradona e o brasileiro Pelé foram distinguidos como os melhores médios ofensivos, enquanto os avançados são o também brasileiro Ronaldo (avançado centro), o argentino Lionel Messi (extremo direito) e o português Cristiano Ronaldo (extremo esquerdo), os únicos dois jogadores ‘lendários’ ainda no ativo.

 

Desporto
X