Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Marseille, comandado pelo Treinador português André Villas-Boas (na foto), venceu por 3-1 o Bordeaux, clube treinado pelo técnico luso Paulo Sousa, no Estádio Vélodrome, no jogo que encerrou a 17ª jornada do Campeonato de França da primeira divisão de futebol, a Ligue 1.

A jogar em casa, os Marselheses até dominaram os minutos iniciais, no entanto quem não marca, sofre. E foi o que aconteceu aos 31 minutos de jogo com um tento do médio francês Yacine Adli.

Um golo importante para os pupilos de Paulo Sousa que venciam por 0-1 no intervalo.

Os Marselheses não baixaram os braços e durante a segunda parte acabaram por acelerar o jogo. Aos 48 minutos, após um canto de Dimitri Payet, foi o defesa francês Jordan Amavi que cabeceou para o fundo da baliza de Benoît Costil.

O Marseille empatou mas senti-se que o encontro podia cair para cada um dos lados. E foi para a equipa do Sul da França que o jogo se virou.

Os pupilos de André Villas-Boas marcaram um segundo tento, aos 60 minutos, pelo médio francês Morgan Sanson, enquanto no tempo adicional, aos 90+2 minutos, foi o médio francês Aurélien Tchouaméni que marcou na própria baliza ao tentar desviar o remate do avançado sérvio do Marseille, Nemanja Radonjić.

André Villas-Boas, em conferência de imprensa, mostrou-se feliz com o triunfo: “Estávamos desiludidos ao intervalo, porque o nosso trabalho não estava a ser recompensado. Nós dominámos o jogo. Rematámos 24 vezes contra uma equipa que ocupa o terceiro lugar. Após o intervalo, mudámos algumas coisas. O golo de Amavi deu mais força e a confiança necessária. Foi um jogo perfeito, porque os rapazes são mentalmente fortes e têm uma capacidade física incrível”, admitiu o Treinador luso.

Paulo Sousa, também em conferência de imprensa, afirmou que os erros da equipa custaram caro: “O controlo emocional dos meus jogadores mudou muito depois do intervalo frente a uma equipa experiente, com bons jogadores e muito bem organizada. Os seus adeptos começaram a apoiar mais equipa, os nossos erros motivaram o adversário. Agora, tudo aquilo que fizemos na primeira parte mostra que estamos no bom caminho”, concluiu o Técnico português.

Com este triunfo por 3-1, o Marseille segura cada vez mais o segundo lugar na tabela classificativa com 34 pontos, mais seis do que o terceiro, o Lille. Quanto ao Bordeaux acabou por descer para a 6ª posição com 26 pontos. O líder da prova continua a ser o PSG com 39 pontos, isto após o triunfo por 1-3 na deslocação ao terreno do Montpellier.

Na próxima jornada do Campeonato de França da primeira divisão de futebol, o Marseille de André Villas-Boas desloca-se ao terreno do Metz a 14 de dezembro pelas 17h30, enquanto o Bordeaux de Paulo Sousa recebe o Strasbourg a 15 de dezembro elas 15h00.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
8.7
X