Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

O defesa lusodescendente Raphaël Guerreiro foi “dado como inapto” fisicamente e dispensado da Seleção portuguesa que vai disputar os primeiros três jogos no Grupo A de apuramento para o Mundial2022, anunciou ontem a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Raphaël Guerreiro, que esteve ausente no treino realizado ontem pela equipa nacional na cidade italiana de Turim, não será substituído nos convocados do Selecionador Fernando Santos, cuja lista inicial sofreu ontem a terceira ‘baixa’, depois do guarda-redes Rui Patrício e do defesa central Pepe.

A ausência do defesa lateral no apronto de ontem não foi uma surpresa absoluta, uma vez que falhou os últimos quatro desafios do Borussia Dortmund, devido a uma lesão sofrida no encontro dos quartos de final da Taça da Alemanha, frente ao Borussia de Mönchengladbach, em 02 de março.

A Seleção portuguesa estreia-se no Grupo A de apuramento para o Mundial2022 esta quarta-feira, com a receção ao Azerbaijão, que foi deslocalizada do Estádio José Alvalade, em Lisboa, para Turim, devido à pandemia de Covid-19.

Depois do embate com os azeris, Portugal cumpre fora os outros dois jogos da ronda tripla de apuramento, defrontando a Sérvia, em Belgrado, no sábado, e o Luxemburgo, na Cidade do Luxemburgo, três dias depois. Os três jogos começam às 20h45 (hora francesa).

Para garantir a oitava participação – sexta consecutiva – no Mundial, cuja edição de 2022 se realiza entre 21 de novembro e 18 de dezembro, no Qatar, Portugal precisa de vencer o agrupamento, sendo que o segundo classificado jogará um ‘play-off’ de acesso à fase final.

 

Lista dos 24 convocados

Guarda-redes: Anthony Lopes (Lyon, França), José Sá (Olympiacos, Grécia) e Rui Silva (Granada, Espanha),

Defesas: Cedric (Arsenal, Inglaterra), João Cancelo (Manchester City, Inglaterra), Domingos Duarte (Granada, Espanha), José Fonte (Lille, França), Neto (Sporting), Rúben Dias (Manchester City, Inglaterra) e Nuno Mendes (Sporting).

Médios: Danilo Pereira (Paris Saint-Germain, França), Palhinha (Sporting), Rúben Neves (Wolverhampton, Inglaterra), Bruno Fernandes (Manchester United, Inglaterra), Renato Sanches (Lille, França), João Moutinho (Wolverhampton, Inglaterra) e Sérgio Oliveira (FC Porto).

Avançados: André Silva (Eintracht Frankfurt, Alemanha), Bernardo Silva (Manchester City, Inglaterra), Diogo Jota (Liverpool, Inglaterra), Cristiano Ronaldo (Juventus, Itália), João Félix (Atlético de Madrid, Espanha), Pedro Neto (Wolverhampton, Inglaterra) e Rafa (Benfica).

 

Desporto
X