8   +   6   =  

Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Le Havre vibrou com música portuguesa

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

A Associação Lusibanda organizou uma festa em Le Havre na Salle des Fêtes de Graville, com a presença dos irmãos Némanus e do grupo de bombos ‘Os Amigos da Borga’. A sala estava repleta e o ambiente festivo.

Manuela Pereira, do grupo Lusibanda, realçou que o objetivo destas noitadas é dar prazer às pessoas. “O nosso prazer é trazer a música portuguesa para estas pessoas todas. Queremos é reunir todas as pessoas que queiram divertir-se e passar um bom momento connosco”, admitiu, acrescentando que muitas pessoas até vieram de outras cidades. “Tivemos pessoas que vieram de Amiens, de Rouen, de Caen e também de Paris, é incrível. O nosso prazer é dar a conhecer os nossos artistas, eles merecem todo o reconhecimento. Queremos dar alegria porque acho que estamos num momento complicado neste mundo. Estas noitadas permitem esquecer um pouco isso tudo”, sublinhou ao LusoJornal.

Os Némanus reconheceram que agora quando estão no Havre, é como estar com a família. “A Lusibanda é família agora. É a quarta vez que fomos convidados para vir cá e a sala está sempre cheia. Aliás quando olhamos para a sala, vemos pessoas que já conhecemos, é muito bom”, afirmaram os dois irmãos, eles que já estão a caminho de mais um concerto na Suíça.

A palavra família estava no centro das atenções no Havre, porque o grupo Lusibanda também é um assunto ‘de família’. “Somos uma família. Não é trabalho, posso dizer que não é. Partilhamos a nossa música e adoramos isso. Eu sempre cantei, mas nas associações, faz agora 15 anos”, realçou Manuela Pereira, ela que também percorre a França com o seu grupo. “É sempre com um grande prazer que animamos as festas, quer seja no Havre, em Amiens ou em Paris, pouco importa onde estamos. Conseguimos divertir e dar prazer”, adiantou.

O grupo tem vários eventos daqui para a frente como frisou Manuela Pereira. “Dia 29 de fevereiro com o Chris Ribeiro e a Elena Correia, vamos estar em Wissous, vai ser um espetáculo incrível. Para o jantar já está tudo esgotado. E a 25 de abril, vamos organizar uma noitada de fado no Havre, na sala Magic Mirror” prometeu.

A Associação Lusibanda vai continuar a organizar eventos durante o ano, mas Manuela Pereira deixou um alerta: “força para as nossas associações, elas têm de continuar. Nesta altura é um pouco complicado para certas associações. Peço a todos para apoiarem as associações, porque quando não houver associações, depois já não vai haver festas, bailes, convivência entre nós”, concluiu.

 

LusoJornal Artigos
X