Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Política

 

 

Foi uma vitória muito expressiva que demonstra bem que os Portugueses nas Comunidades não podem ser usados nem instrumentalizados para fins de natureza partidária” disse Paulo Pisco, cabeça de lista pelo Partido Socialista que ontem ganhou as eleições para o círculo eleitoral da Europa.

O PS conseguiu 33% dos votos contra 15% do PSD e conseguiu eleger dois Deputados na repetição da eleição pelo círculo eleitoral da Europa: Paulo Pisco e Nathalie de Oliveira.

“Quero agradecer em primeiro lugar a confiança que os Portugueses na Europa depositaram em mim e no Partido Socialista e sobretudo quero agradecer muito àqueles que nesta repetição da eleição não desistiram de votar e foram enviar o seu voto porque é o seu voto que vai dar força a todas as nossas Comunidades na Europa e até mesmo fora da Europa” disse Paulo Pisco em declarações à jornalista Paula Machado da RDP internacional. “Este gesto foi muito importante, foi um gesto de consolidação e de apego à democracia e aos valores democráticos e eu fico também muito agradecido por isso”.

Interrogado sobre a mudança de sentido de voto entre a eleição de janeiro e a repetição da eleição, Paulo Pisco afirma que “é caso para dizer que Deus escreve direito por linhas tortas”.

Considerando que esta eleição de dois Deputados pelo círculo eleitoral da Europa é “histórica” o Deputado que sucede à sur própria eleição afirma que “é óbvio que é um resultado que nos traz uma responsabilidade acrescida porque o Partido Socialista faz, pela segunda vez na história da nossa democracia, o pleno pelo círculo eleitoral da Europa e eu tenho orgulho e o privilégio de ser o Deputado que por 2 vezes conseguiu este resultado”.

 

Donativos LusoJornal
X