Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Mais de 70 mulheres do Banque BCP, da Centralpose e da Império correram juntas na Parisienne

Mais de 70 colaboradoras do Banque BCP, da Império Assurances e da empresa Centralpose participaram, no domingo 8 de setembro na mítica corrida 100% feminina “La Parisienne”. Esta corrida, que já vai na 23ª edição recolhe fundos para a luta contra o cancro da mama.

Este foi o 9° ano consecutivo que as mulheres do Banque BCP participaram nesta corrida de recolha de fundos para a Fondation pour la Recherche Médicale (FRM). Há três anos, Artur Machado convenceu as mulheres da Centralpose a participarem também nesta corrida-evento. E este ano, pela primeira vez, participaram também as colaboradoras da Império Assurances.

A Império Assurances é um “parceiro histórico” do Banque BCP, e por conseguinte, foi “natural” esta participação conjunta numa corrida solidária. “Esta corrida é um evento festivo e convivial, mas é também uma excelente oportunidade para criar laços. Graças aos nossos parceiros, Centralpose e Império Assurances, contribuímos para fazer avançar mais a investigação médica” explicou Jean-Philippe Diehl, Presidente do Diretório do Banque BCP.

Esta 23ª edição da “Parisienne” teve como tema principal o Far West e as milhares de mulheres participantes, dos 18 aos 70 anos, voltaram a correr (ou apenas a caminhar) nos Champs Elysées e nos cais do Sena, entre o Trocadero e o Champs de Mars.

Na “Aldeia das empresas”, o Banque BCP tem tradicionalmente um stand para onde convergiram, depois da corrida, as “atletas”. Já lá estavam à espera familiares e sobretudo os colegas para partilharem um cocktail. Também lá estavam Jean-Philippe Diehl, Presidente do Diretório do Banque BCP, Arthur Machado, Presidente da Centralpose e Diogo Teixeira, Diretor Geral da Império Assurances. Todos felicitaram a participação e a demonstração de solidariedade das colaboradoras das três empresas.

No seguimento desta participação, o Banque BCP, a Centralpose e a Império Assurances vão entregar um cheque de 15.000 euros à Fondation pour la Recherche Médicale, que vão contribuir para financiar novos projetos de investigação médica.

Aliás, Denis Le Squer, Presidente da FRM foi ao stand «português» para agradecer pessoalmente esta ação de solidariedade graças à implicação das mulheres destas três empresas. Há 70 anos que a Fundação apoia a investigação e cada ano, mais de 400 novos projetos de investigação são apoiados, em parte graças a esta corrida.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.0
X