Manuel de Vasconcelos aposenta-se após 40 anos em hotéis de prestígio

Comunidade

 

Após 10 anos como Diretor-Geral no Hotel Prince de Galles, na avenue Georges V, em Paris, seguidos de 11 anos no Hotel Meridien Beach Plaza, no Mónaco, com o mesmo cargo, Manuel de Vasconcelos abandona funções que durante mais de 40 anos ocupou em 15 cidades e 9 países diferentes, no âmbito da hotelaria.

Com um diploma de Management em Hotelaria obtido na Suíça, Manuel de Vasconcelos exerceu, ao longo dos anos, atividades de Direção em cadeias de hotéis de prestígio como Hilton (Colômbia, Brasil, Usa), Sheraton (Portugal, Brasil, Espanha), Prince de Galles (Paris) ou Meridien (Mónaco), entre outros.

No momento da sua saída, por motivos de passagem à reforma, teve direito a uma homenagem de despedida no Mónaco, na semana passada, promovida pelos proprietários acionistas da cadeia de hotéis Marriott International, na presença de várias entidades locais e amigos.

No seu discurso de despedida e naturalmente emocionado, Manuel de Vasconcelos teceu um forte agradecimento àqueles que lhe fizeram confiança nomeando-o em postos de elevada responsabilidade, falou com humor dos momentos difíceis que viveu em Londres para onde foi com a idade de 16 anos, ou na Suíça, recordando, por exemplo, os momentos em que “corria” para servir os clientes, mesmo para servir um simples café, pois vivia das gorjetas para viver e pagar os estudos.

Mas assumiu igualmente que viveu “momentos para sempre inesquecíveis”, em locais privilegiados, tendo sempre presente o “sentimento de representar Portugal”, de uma certa maneira, no âmbito das suas funções nesses locais de prestígio onde, pela força das circunstâncias, lhe foi frequentemente proporcionado receber e mesmo acompanhar altas individualidades.

 

Donativos LusoJornal