Momento de Poesia com Lurdes Loureiro

Natal

 

Que Natal

seja ainda

magia

em doida

correria

permanente

euforia

dar

um abraço

um sorriso

ajudar

saber

a melhor prenda

o

AMOR.

 

 

LusoJornal