Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Numa nota enviada às redações, o Município de Arcos de Valdevez diz que se mostra “empenhado em intensificar o envolvimento dos emigrantes no desenvolvimento do concelho”, e lembra que criou um Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE).

“Para a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez assume particular relevância a relação com a Comunidade de emigrantes arcuenses. Nesse sentido, a Câmara Municipal tem visitado as Comunidades no estrangeiro, participando em iniciativas de promoção cultural, recreativa e económica, organizadas pelos nossos conterrâneos, mas também tem celebrado Protocolos de cooperação com autarquias estrangeiras” diz a nota de imprensa.

O Município lembrou também que tem criado várias medidas, “no sentido de criar uma maior proximidade com as Comunidades portuguesas”, nomeadamente a criação de um pelouro específico dedicado às relações com a diáspora, bem como a dinamização do Gabinete de Apoio ao Emigrante, “para prestar apoio no regresso e reinserção dos emigrantes no país”.

Dirigido aos emigrantes, mas também àqueles que já regressaram, assim como todos os cidadãos e empresas que pretendam iniciar um processo migratório, com o GAE, o Município pretende “oferecer um atendimento de grande proximidade e dar apoio em várias áreas, fomentando a inter-relação entre o Município e as Comunidades portuguesas”.

“O GAE está capacitado para responder a questões inerentes ao regresso dos cidadãos e reinserção em todas as suas vertentes, seja social, jurídica, económica, investimento, emprego, estudos, entre outras. Para além disso, o serviço encontra-se apto a apoiar os emigrantes em matérias da competência da Câmara Municipal, nomeadamente nos Licenciamentos, Alvarás, Projetos e Ação Social, assim como prestar apoio junto de outros organismos públicos” diz a nota da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Com a criação deste Gabinete, o Município pretendeu “congregar os talentos das Comunidades arcuenses, o seu dinamismo, o seu apego às raízes e aos valores que a distinguem, em prol do progresso do concelho de Arcos de Valdevez”.

 

Comunidade
X