Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Cultura

 

O artista português radicado em França Joseph César acaba de lançar um novo single “The Pain of Love”, uma canção pop melódica e melancólica sobre o sofrimento causado pelo sofrimento do amor. A canção descreve também o amor como “um sentimento único que se ressente muito raramente”

Musicalmente, a canção é levada pelo piano, com ritmo eletro e orquestra clássica.

Joseph César é português e veio para França há cerca de 14 anos, onde é professor de língua portuguesa. Mas também trouxe na mala a paixão de infância pela música. Aliás, o pai é músico e foi, sem dúvida, a sua primeira influência.

Diz que ouvia “um pouco de tudo”, pop, rock e música eletrónica, e foi construindo a sua própria identidade musical. Aprendeu a tocar viola aos 15 anos e no liceu ouvia rock alternativo, grunge e punk rock. Foi largamente influenciado pela cultura musical inglesa e americana.

Quando começa e criar os primeiros temas, em 2006 e a escrever os primeiros textos, optou pela língua inglesa. O primeiro EP acústico e autoproduzido, em 2013, chama-se “Break Up The Walls”.

Um ano depois encontra o produtor Lionel Renault com quem grava o primeiro álbum, “The Other Side”, lançado oficialmente em 2016, distribuído por Keyzit e reeditado por All Style Editions, em 2019.

Na altura do lançamento de “The Other Side” foi notícia no LusoJornal. Trata-se de um álbum folk totalmente escrito em inglês, descrevendo “uma visão diferente da vida e do mundo que nos envolve”.

Em 2018, Joseph César decidiu mudar de orientação musical e começou a escrever também em português e em francês.

E em janeiro deste ano, Joseph César regressou aos estúdios para gravar o segundo EP, muito mais eclético, com sonoridade pop e eletro.

São temas que exprimem uma mistura e um contraste de sentimentos sobre o mundo. Falam de amor, de tristeza, de esperança, de angústia, de medo, de desejo, de revolta, de indignação, de liberdade, de vazio…

“The Pain Of Love” é o primeiro single, lançado no dia 29 de outubro, deste novo EP

Ouvir AQUI.

 

Donativos LusoJornal

 

X