Paulo Cafôfo anuncia novo dispositivo de apoio aos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro

Comunidade

 

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas anunciou este sábado que já tem pronto um novo dispositivo de apoio aos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro.

 

Paulo Cafôfo falava na sessão de encerramento do Encontro de investidores da diáspora, que teve lugar em Fátima, e considera que “o papel da comunicação social da diáspora é essencial para aproximar os nossos cidadãos do seu país de origem” e, por isso mesmo, “em reconhecimento desse papel, o Governo de Portugal, está empenhado num diploma legislativo, que temos já feito, para apoiar os meios de comunicação social da diáspora que transitem e promovem a nossa cultura e a língua portuguesa. A língua e a cultura portuguesa são pilares fundamentais da nossa identidade e os maiores ativos da nossa política externa”.

Há muito tempo que os órgãos de comunicação social portugueses na diáspora têm pedido mais reconhecimento do trabalho que fazem, por parte do Governo, nomeadamente através da associação Plataforma dos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro da qual o LusoJornal faz parte e é membro fundador.

Em 2020, na ausência de outro tipo de apoio e face à pandemia de Covid-19, a então Secretária de Estado Berta Nunes decidiu comprar publicidade institucional aos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro, tendo desbloqueado uma verba de 200.000 euros para contemplar rádios, jornais, magazines em todo o mundo.

Também o Deputado socialista Paulo Pisco apresentou uma proposta de lei para obrigar o Estado a reservar 10% do orçamento de publicidade institucional para os órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro. Esta proposta deve começar a ser debatida no Parlamento português ainda antes do fim deste ano.

O novo anúncio do Secretário de Estado é pois uma resposta à fragilidade dos órgãos de informação portugueses espalhados pelo mundo. O LusoJornal sabe que se trata de um concurso idêntico ao que já é realizado para o apoio às associações portuguesas no estrangeiro. O concurso deve ser realizado, pela primeira vez, durante o primeiro semestre de 2023.

 

Donativos LusoJornal