Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção portuguesa de futebol começou ontem da melhor forma a defesa do título da Liga das Nações em futebol, ao vencer a vice-campeã mundial Croácia por 4-1, num Estádio do Dragão ‘deserto’, devido à Covid-19. O guarda-redes lusodescendente Anthony Lopes, do Lyon, foi a maior novidade entre as seis alterações promovidas pelo Selecionador Fernando Santos no ‘onze’ de Portugal.

No primeiro jogo caseiro da sua história à porta fechada, a formação lusa reagiu da melhor forma, num encontro em que marcou quatro golos, atirou três bolas aos ‘ferros’ e exerceu um domínio absoluto sobre uns ‘irreconhecíveis’ croatas.

Depois de muito tentar, Portugal, vencedor da primeira edição da prova, numa final também no Dragão, contra a Holanda (1-0, em 09 de junho de 2019), inaugurou o marcador com um tiro de fora da área de João Cancelo, aos 41 minutos.

Na segunda parte, e com Cristiano Ronaldo de fora, a ver o jogo, devido a uma infeção num pé, Portugal foi mais eficaz e marcou mais três golos, por Diogo Jota (58 min), João Félix (70 min) e André Silva (90+5 min).

Antes do tento do jogador do Eintracht Frankfurt, que apenas havia entrado aos 88 minutos, a Croácia, desfalcada dos ‘cérebros’ Modric e Rakitic, marcou, já ‘depois’ da hora, o seu tento de honra, por intermédio de Bruno Petkovic (90+1 min).

André Silva apontou o seu 16º tento pela Seleção lusa, isolando-se no 13º lugar da tabela, liderada por Cristiano Ronaldo, com 99, enquanto João Cancelo apontou o quarto, em dia de estreia a faturar para Diogo Jota e João Félix.

Por seu lado, o jovem Francisco Trincão, de 20 anos, que trocou o Sporting de Braga pelo FC Barcelona, tornou-se o 42º estreante da ‘era’ Fernando Santos, ao entrar aos 78 minutos, em substituição de Bernardo Silva.

 

Anthony Lopes na baliza

Anthony Lopes foi a maior novidade. O titular da baliza dos franceses do Lyon, de 30 anos, jogou desde o início frente à Croácia, o que acontece pela primeira vez em jogos oficiais, substituindo do normalmente titular Rui Patrício, após um interregno nos trabalhos da Seleção que durava desde o Mundial da Rússia, em 2018.

Portugal entrou em ‘grande’ e lidera o Grupo 3 da Liga A, com três pontos, os mesmos da campeã mundial em título França, que, mais ‘comedida’, venceu por 1-0 a Suécia, em Solna, onde a formação das ‘quinas’ se desloca na terça-feira.

Um golo de Kylian Mbappé (41 min), na mesma altura em que João Cancelo adiantava Portugal no Dragão, foi suficiente para o ‘onze’ de Didier Deschamps triunfar, num jogo em que Upamecano fez a estreia e Rabiot regressou, dois anos depois.

Nos descontos, os gauleses ainda poderiam ter ampliado o marcador, mas Antoine Griezmann, que se ‘apagou’ desde a chegada ao FC Barcelona, desperdiçou uma grande penalidade.

 

Ficha do jogo

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto

Portugal 4-1 Croácia, 4-1

Ao intervalo: 1-0

Marcadores: João Cancelo (1-0, 41 min), Diogo Jota (2-0, 58 min), João Félix (3-0, 70 min), Bruno Petkovic (3-1, 90+1 min), André Silva (4-1, 90+5 min)

Portugal: Anthony Lopes, João Cancelo, Pepe, Rúben Dias, Raphael Guerreiro, Danilo, João Moutinho (Sérgio Oliveira, 82 min), Bruno Fernandes, Diogo Jota, João Félix (André Silva, 88 min) e Bernardo Silva (Francisco Trincão, 78 min). Suplentes: Rui Patrício, Rui Silva, Nélson Semedo, Mário Rui, José Fonte, Domingos Duarte, Sérgio Oliveira, Rúben Neves, André Gomes, Francisco Trincão e André Silva. Selecionador: Fernando Santos

Croácia: Dominic Livakovic, Tin Jedvaj, Dejan Lovren, Domagoj Vida, Borna Barisic, Mário Pasalic (Marcelo Brozovic, 61 min), Mateo Kovacevic, Josip Brekalo (Ivan Perisic, 61 min), Nikola Vlasic, Ante Rebic e Andrej Kramaric (Bruno Petkovic, 74 min). Suplentes: Ivo Grbic, Simon Sluga, Sime Vrsaljko, Ivan Perisic, Duje Caleta-Car, Marcelo Brozovic, Ante Budimir, Mile Skoric, Antonio Colak, Milan Badelj, Bruno Petkovic e Dario Melnjak. Selecionador: Zlatko Dalic

Árbitro: Davide Massa (Itália)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tin Jedvaj (60 min) e Borna Barisic (70 min)

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de Covid-19.

 

Desporto
X