Portuguesa de França organiza mais uma ação de reflorestação do Pinhal de Leiria

Comunidade

 

Uma ação de reflorestação do Pinhal de Leiria, na Marinha Grande, está prevista para os próximos dias 11 e 12 de fevereiro, numa iniciativa de Sylvie Gaspar, uma portuguesa a residir em França.

A operação vai decorrer no talhão 67, na Estrada Atlântica, entre São Pedro de Moel e Vieira de Leiria. O objetivo é a plantação de sete mil pinheiros-bravos, decorrendo uma recolha de fundos no quadro de uma campanha lançada via internet.

“O meu nome é Sylvie Gaspar e vivi toda a minha vida em França, mas sempre tive uma ligação umbilical com o Pinhal Real e senti, tal como muitos, a dor de um património que se esvaiu em 2017 durante o terrível incêndio” escreve. “Não podia ficar parada e, em 2018, criei uma associação sem fins lucrativos em França. Candidatei-me a um concurso na empresa em que trabalho e consegui fundos para plantar 15 mil pinheiros no talhão 67 do Pinhal de Leiria, cedido pelo ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e Florestas). Foi doado um valor de 6.000 euros e, juntamente com muitos contributos de amigos, conseguimos chegar ao valor de 8.000 euros, necessários para preparar o terreno para o nosso desafio”.

Finalmente, em 2020, em 3 dias, com a participação de centenas de voluntários “conseguimos tornar realidade este sonho”. Mas agora, Sylvie Gaspar quer repetir a operação e apela aos voluntários que queiram ajudar, entre as 9h00 e as 18h00. “Não podemos ter apenas uma ação e é necessário reforçar o que começámos”.

Sylvie Gaspar apela também a quem quer colaborar financeiramente. “O seu donativo permitirá a compra de 7.000 pinheiros bravos – com apenas 5 euros permitirá replantar 25 árvores”.

 

A campanha de recolha de fundos pode ser consultada AQUI.

 

Donativos LusoJornal