Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A oitava etapa do Dakar 2020 decorreu nesta segunda-feira 13 de janeiro com partida e chegada na cidade de Wadi Al Dawasir, na Arábia Saudita. O navegador português Paulo Fiúza ao lado do piloto francês Stéphane Peterhansel, na equipa X-Raid Mini, terminaram no 9° lugar na categoria dos automóveis nesta oitava etapa.

O Francês Stéphane Peterhansel e o Português Paulo Fiúza acabaram no 9° lugar a 8ª etapa a 13 minutos e 11 segundos do vencedor, o Francês Mathieu Serradori (SRT Racing).

Na geral, Paulo Fiúza e Stéphane Peterhansel continuam no 3° lugar a 13 minutos e 09 segundos do líder, o Espanhol Carlos Sainz (Mini), enquanto o Qatari Nasser al-Attiyah (Toyota) ocupa a 2ª posição a 06 minutos e 40 segundos do líder.

De referir que o navegador português Filipe Palmeiro, com o piloto lituano Benediktas Vanagas, ocupam o 19° lugar a 6 horas, 03 minutos e 14 segundos do líder.

No que diz respeito à categoria das motas, a etapa foi cancelada devido à morte do piloto português Paulo Gonçalves.

Aliás a equipa Hero Motorsports não vai participar no que resta do Dakar, admitindo que não há condições para continuar, depois do trágico falecimento de Paulo Gonçalves, na etapa de domingo.

Os pilotos eram o Português Joaquim Rodrigues, cunhado de Paulo Gonçalves, e o Luso-Germânico Sebastian Bühler.

 

Morte de Paulo Gonçalves

O piloto português Paulo Gonçalves, de 40 anos, morreu ontem na sequência de uma queda na 7ª etapa do rali Dakar na Arábia Saudita, anunciou a organização.

Paulo Gonçalves, segundo da edição de 2015 e que disputava o seu 13.º Dakar, caiu ao quilómetro 276 da especial.

O piloto estava inconsciente à chegada da equipa médica e foi transportado de helicóptero para o hospital, onde foi declarada a sua morte.

 

LusoJornal Artigos
X