Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Cultura

 

Uma conferência com o filósofo e crítico de arte Yves Michaud, sobre a situação atual da arte contemporânea, vai decorrer no sábado, na Central Tejo – Fundação EDP, à tarde organizada pela Revista Electra, com entrada livre.

“Situação atual da arte contemporânea: profusão e desorientação” é o título da conferência em que Yves Michaud apresentará a sua visão sobre o tema, tendo em conta a mundialização, a financeirização e a estetização da vida quotidiana.

Yves Michaud é professor de Filosofia na Sorbonne, foi Diretor da Escola Nacional Superior de Belas-Artes de Paris e dirigiu os Cahiers du Musée National d’Art Moderne, do Centro Georges Pompidou, na capital francesa.

É autor de livros sobre filosofia da arte e teoria política, entre os quais “L’Art à l’état gazeux” (2003) e “L’art, c’est bien fini – Essai sur l’hyper-esthétique et les atmosphères” (2021).

A Electra é uma revista internacional, editada pela Fundação EDP, dedicada ao debate, pensamento e cultura contemporânea, com edições em português e em inglês, numa periodicidade trimestral.

 

Donativos LusoJornal
X