Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

O artista português Alexandre Farto (Vhils) inaugura hoje, na galeria Vera Cortês, em Lisboa, “Fenestra”, o culminar de um projeto visual que começou a desenvolver em 2014, e cuja primeira versão já apresentou em Paris em 2018.

Numa publicação na conta oficial no Instagram, Vhils explica que a mostra resulta de imagens que começou a captar em 2014 nas ruas de cidades onde trabalhou, entre as quais Paris, em França, Pequim e Hong Kong, na China, Cincinatti e Los Angeles, nos Estados Unidos, assim como Lisboa e Cidade do México.

“Estas filmagens foram transformadas numa instalação imersiva, ‘City Slow Motion’, na qual quem vê é catapultado para uma almalgama de diferentes cidades, criando inevitáveis interações com os seus habitantes anónimos, atmosferas, arquiteturas e culturas”, explicou.

A galeria Vera Cortês, em comunicado, recorda que, “em 2018, nos espaços do centro cultural Cent Quatre, em Paris, Vhils apresentou uma primeira versão do conjunto desses registos urbanos”.

“Tratava-se de uma sequência de projeções planas cada uma dela simulando, pela sua dimensão, a monumentalidade dos ecrãs panorâmicos”, lê-se no comunicado.

“Fenestra” estará patente na galeria Vera Cortês, em Alvalade, até 12 de junho.

 

Cultura
X