Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O ciclista português João Rodrigues (W52-FC Porto) venceu a quarta etapa da Volta a Portugal, que terminou com a subida emblemática à Torre e permitiu ao Espanhol e colega de equipa Gustavo Veloso reforçar a liderança. O Franco-Português Guillaume Almeida acabou por desistir durante a etapa.

João Rodrigues completou em 4:20.36 horas os 145 quilómetros da tirada entre Pampilhosa da Serra e Torre, com uma escalada final de 19,7 quilómetros em plena Serra da Estrela, batendo por um segundo Gustavo Veloso e por cinco o Português Jóni Brandão (Efapel), segundo e terceiro classificados.

O primeiro atleta francês, Brice Feillu, da equipa Arkéa-Samsic terminou no 19° lugar a 5 minutos e 03 segundos do vencedor. De notar que o Franco-Português Guillaume Almeida, único ciclista lusodescendente, que corre com a camisola da equipa angolana BAI-Sicasal-Petro de Luanda, acabou por desistir por causa de uma lesão.

Gustavo Veloso, vencedor da Volta a Portugal em 2014 e 2015, reforçou no comando da classificação geral individual, passando a dispor 13 segundos de vantagem sobre o Português João Rodrigues e 20 sobre o Espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano), que subiram ao segundo e terceiro lugares.

O Francês Brice Feillu da equipa Arkéa-Samsic é o melhor gaulês na geral, ocupando o 20° lugar a 6 minuto e 15 segundos do líder.

Nesta segunda-feira realiza-se a quinta etapa da 81.ª edição da Volta a Portugal, entre Oliveira do Hospital e Guarda, na extensão de 158 quilómetros, com três metas volantes e duas contagens de montanha, em Canas de Senhorim (terceira categoria) e Guarda (segunda).

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
8.9
X