Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

18 Grupos de folclore franceses juntam-se a mais 185 outros folclóricos, num total de cerca de 5.400 pessoas de 203 grupos, oriundos de 24 países europeus, para participar entre hoje e domingo, na 55ª edição do Europeade, um festival de etnografia e folclore que promete agitar a cidade de Viseu.

Durante os cinco dias, muitos espaços serão “invadidos” pela diversidade e pela riqueza cultural das tradições europeias.

Do programa, destacam-se as cerimónias de encerramento e de abertura no Estádio Municipal do Fontelo, o cortejo de dois quilómetros com todos os grupos, o baile no Adro da Sé, o concerto de coros e uma cerimónia ecuménica.

De Portugal, estão inscritos 25 grupos, 16 dos quais da região de Viseu. A vizinha Espanha é o país que participa com maior número de grupos (40), seguida da Alemanha (22) e da França (18).

Grupos internacionais de vários países circularão por Nelas, Mangualde, Castro Daire e S. Pedro do Sul, com o objetivo de que esta aposta de Viseu se ramifique por uma região com muitas tradições folclóricas e populares.

O orçamento do festival é de um milhão de euros, sendo 400 mil euros garantidos pela organização internacional.

Todos os conteúdos do festival são da responsabilidade da organização internacional, cabendo ao município de Viseu o acolhimento do evento e toda a organização local, ao nível da segurança, dos transportes, do alojamento, das refeições e da preparação da cidade.

A autarquia informou que, até domingo, “o centro histórico de Viseu, assim como o Parque do Fontelo e as artérias envolventes, irão sofrer condicionamentos ao trânsito e estacionamento”, devido às iniciativas do Europeade.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.5
X