Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

22° Festival folclórico da Associação dos Portugueses de Neuville-sur-Saône

LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro

A Associação Familiar dos Portugueses de Neuville-sur-Saône (69), cidade a 15 km de Lyon, realizou no passado dia 2 de junho o seu 22° Festival folclórico. Esta associação existe desde 1995, e Neuville é uma cidade que acolhe a Comunidade portuguesa desde a década sessenta.

Foi no espaço exterior da sala Jean Vilar, Place Charles de Gaulle, numa paisagem incomparável, junto a margem do rio Saône, que o palco deste evento popular português foi montado. A animação sonora esteve ao encargo da “Sono Ritmo” de Mário Ribeiro, como tem acontecido ao longo dos anos.

O Festival teve lugar ao ar livre, o dia estava bem quente, o sol esteve sempre presente todo o dia, muito público, tanto francês como português. Ao almoço apreciaram as especialidades da casa, entre o frango assado e febras, tudo isto acompanhado pelo bom vinho português.

“Tivemos um enorme trabalho nos ensaios, mas estamos muito orgulhosos com o desenrolar deste dia, agradeço aos dançarinos, músicos e cantores. Também à participação de todos os grupos que aceitaram o convite sem hesitar” resumiu Carina da Silva Oliveira, responsável do Grupo Folclórico da casa.

Os quatro grupos participantes no Festival vieram todos da região Auvergne-Rhône-Alpes: Saudades de Portugal de Dijon, Ceifeiras do Minho de St Florentin et Rio Lima alto Minho de Caluire e o Grupo Etnográfico de Neuville, o grupo da casa.

Carina da Silva Oliveira, em conversa com o LusoJornal, agradeceu a todos os que participaram no Festival e a todas as pessoas que contribuíram para o sucesso do mesmo, tendo em conta o imenso calor que se fazia sentir. Um bem-haja a todos os voluntários que fizeram com que este dia se tornasse inesquecível.

“Agradeço também ao público presente, que nos apoiou ao longo destes anos, à comunicação social pela sua presença, ao LusoJornal e a equipa do programa Raízes, por terem feito a promoção e a cobertura do evento. Para o próximo ano cá estaremos novamente para outro Festival.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
6.2
X