Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Mais de uma centena de empresas da Fileira Casa estão representadas no Supersalone e Milan Design Week, de 5 a 10 de setembro, em Milão, e na Maison & Objet, de 9 a 13 de setembro, em Paris. O craftmanship, valor que faz parte da campanha “Made in Portugal naturally”, é o mote de destaque da presença portuguesa nestes eventos.

“Face à gradual retoma das ações e eventos internacionais, as associações empresariais setoriais e a AICEP estão comprometidas para um esforço conjunto de reforço da promoção global das empresas portuguesas” diz uma nota da Aicep enviada às redações. “Será dinamizado um conjunto de iniciativas paralelas de posicionamento, notoriedade e divulgação da excelência da produção portuguesa”.

“O conceito ‘craftmanship’ remete-nos para a autenticidade onde a habilidade artesanal assume o seu auge, uma característica muitas vezes presente na criação de valor do produto português e que permite criar relações de confiança e duradouras assentes na diferenciação, exclusividade, garantindo a sustentabilidade cultural pela preservação de técnicas tradicionais. Um fenómeno que justifica o êxito de algumas das indústrias portuguesas que se destacam pela qualidade e capacidade de surpreender o mercado internacional, com peças e ambientes pensados com design e criatividade e, ao mesmo tempo, assentes na arte da manufatura”, afirma Luís Castro Henriques, Presidente da Aicep.

 

18 empresas portuguesas na Maison & Objet

A Maison & Objet é uma feira plataforma que, pela sua importância e destaque mundial, é considerado um evento âncora, além de ser um acontecimento estratégico para alguns dos setores que abrangem a Fileira Casa (mobiliário, têxteis-lar, iluminação e artigos de decoração). É considerada a principal feira de decoração de interiores do mundo, com duas edições por ano, janeiro e setembro.

Após um ano de interregno causado pela pandemia, a primeira edição física de 2021 começa hoje e prolonga-se até segunda-feira, no Parque de Exposições de Villepinte.

Embora a participação portuguesa seja mais reduzida do que o habitual devido ao contexto pandémico, 18 empresas/marcas portuguesas estarão representadas no certame. O carácter seletivo da feira (marcada pela qualidade, design, originalidade) continua a colocar a Maison&Objet no topo das feiras internacionais mais importantes do setor.

A Maison & Objet realiza-se desde 1995, e é uma das feiras internacionais com mais notoriedade a nível mundial, contando nas últimas edições com cerca de 3 mil expositores e mais de 80 mil visitantes únicos (mais de 50% estrangeiros) numa superfície de cerca de 130.000 m2 de exposição. Em paralelo, beneficia de uma excelente cobertura mediática, geralmente com uma participação de cerca de 1.000 jornalistas estrangeiros num total de mais de 3 mil profissionais ligados à área dos media.

A Paris Design Week, há mais de 10 anos considerada como uma experiência complementar à feira Maison & Objet, decorre também entre os dias 9 e 18 de setembro, onde mais de 350 galerias, escolas de design, workshops e estúdios de design estarão em movimento pela cidade de Paris para apresentar o melhor da criação contemporânea.

Todos os anos e sob a coordenação da Aicep, Portugal faz-se representar com mais de 500 empresas dos vários setores de atividade que compõem as Fileiras Casa e Materiais de Construção, nos eventos de maior referência mundial, onde numa atuação de cooperação e colaboração as associações setoriais promovem a indústria portuguesa.

 

Empresas
X