Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Religião

 

A Comissão Independente para o Estudo de Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica Portuguesa apelou ontem a várias entidades para divulgarem os contactos da Comissão numa altura em que muitos emigrantes estão no país, sensibilizando para a denúncia.

Até agora, esta Comissão recebeu vários testemunhos de Portugueses emigrados em diversas partes do mundo, mas sobretudo Europa, adianta em comunicado.

O apelo feito pelo Coordenador da Comissão, Pedro Strecht, tem em atenção esta época do ano em que “um número muito significativo de Portugueses” residentes no estrangeiro regressam a Portugal e caso algum tenha sido vítima de abusos sexuais por membros da Igreja Católica na infância ou adolescência saber onde pode dar o seu testemunho e denunciar a situação.

Nesse sentido, solicita a todos os órgãos de comunicação social nacionais, regionais e locais que façam “uma nova e ampla divulgação” dos contactos da Comissão Independente esta semana e até ao final do mês.

“No estrito âmbito do seu trabalho de ‘dar voz ao silêncio’, a Comissão deve continuar a apelar a todos os adultos que possam ter sido vítimas de tais atos enquanto crianças até aos 18 anos de idade para que possam dar o seu testemunho anónimo através dos contactos +351.917.110.000 ou por preenchimento de inquérito geral@darvozaosilencio.org”, justifica Pedro Strecht.

 

Donativos LusoJornal
X