Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Acabou hoje a greve que começou a 17 de abril na Sucursal de França da Caixa Geral de Depósitos, oficialmente para «criar um clima de apaziguamento no âmbito da mediação em curso, assim como assegurar o serviço do banco público à clientela emigrante portuguesa, nesta época do ano, de grande afluência às agências».

A decisão foi tomada durante uma Assembleia geral convocada ontem pela Intersindical FO-CFTC e a Comissão de Negociação eleita pelos trabalhadores em luta. No Plenário de ontem, foi também anunciada a realização de uma nova Assembleia geral de trabalhadores na segunda quinzena de setembro.

«A Intersindical e a Comissão de Negociação eleita pelos trabalhadores informam que, de acordo com a vontade expressa pelos trabalhadores em greve há dois meses e meio, a luta continua, através da via judiciária, sindical e política, estando nomeadamente previstos novos pedidos de audiências em Lisboa» diz um comunicado enviado esta tarde às redações. «A Intersindical e a Comissão de Negociação saúdam a determinação dos trabalhadores que, perante todas as adversidades, se mantiveram firmes na luta contra a privatização da Sucursal de França da Caixa Geral de Depósitos, pela continuidade do serviço da banca pública à emigração portuguesa em França, por condições de trabalho dignas e um serviço de qualidade aos nossos compatriotas».

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 6 Votos
9.3
X