Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Português Manuel André demissionou esta semana das funções de Administrador, Secretário da Direção e Diretor de antena da Rádio Albigés, em Albi, exatamente 11 anos depois de ter começado a fazer programas voluntariamente naquela estação, em julho de 2009.

“Foram mais de 11 anos e 512 programas a animar a presença portuguesa na rádio Albigés” diz Manuel André ao LusoJornal.

A última Assembleia Geral da rádio, em março de 2019, correu mal. A Direção anterior, que vinha a ser contestada desde 2014, foi derrotada e entrou uma nova Direção para a rádio. Manuel André já era membro do Conselho de Administração e passou a integrar a nova Direção com as funções de Secretário. Só que a Direção anterior impugnou a eleição e o Tribunal nomeou um Administrador judiciário desde 20 de janeiro deste ano.

Numa carta enviada ao Presidente da Associação Rádio Albigés, Manuel André argumenta que “não posso exercer, como deve ser, as funções para as quais fui eleito” e acrescenta que o Administrador judiciário “menospreza profundamente a Direção legitimamente eleita, criando um clima ansiogénio, destabilizador, contraprodutivo, tomando decisões unilaterais e desrespeita vários artigos dos nossos estatutos, que na minha modesta opinião podem destruir o futuro da Associação Radio Albigés”.

Esta já foi a segunda demissão de um membro da Direção e, segundo Manuel André, mais 6 devem seguir-se esta semana.

Manuel André começou a fazer rádio em 1982, na região parisiense, co-animando um programa em português na rádio Mantes FM, em Mantes-la-Jolie. Há 38 anos que tem dedicado muito tempo a esta paixão, passando pela YFM, uma outra rádio no departamento dos Yvelinnes, e depois pela Albigés desde que se mudou para o sul da França.

Começou por integrar a equipa de António de Sá, a animar o programa “Presença Portuguesa” que já existia naquela estação associativa de rádio. “Mais tarde António de Sá regressou ao seu Minho natal e eu continuei no programa até hoje” explica ao LusoJornal. O programa tinha lugar todos os domingos, das 11h00 às 12h00.

Uma vez por mês, animava também um programa sobre lusofonia, intitulado “Lusophonia” difundido todas as primeiras segundas-feiras de cada mês, com redifusão à quarta e ao sábado, e que abordava questões relacionadas com a lusofonia.

Finalmente, Manuel André animava um outro programa na Albigés, relacionado com a sua outra paixão (para além do Sporting): o rock. O programa “Rock en vol” era outra das referências da rádio.

Com a sua demissão, deixa também de animar estes três programas.

“O fim de um ciclo, é sempre o início de um outro” diz Manuel André ao LusoJornal de quem também é o correspondente na região, para além de ser membro do Conselho consultivo da área consular de Toulouse. “Mas para mim já não existem condições para continuar, e nada tem a ver com o programa português”.

“Não é um adeus definitivo! Também não é o fim que desejava, após 38 anos de animador, dos quais 27 exercidos na região parisiense”.

Por isso promete que “por estes lados existem mais rádios, nesse sentido, vou propor a minha colaboração para a continuidade de um programa português, nem que seja em francês”.

 

Comunidade
X